22 de julho de 2024
Pesquisar
Close this search box.

Dr. Eurípedes Lins está muito feliz com o início da construção da nova EXPOAGRO

O site da Seinfra (Secretaria de Infraestrutura) do governo Wilson Lima traz uma notícia que, felizmente, acaba com a enrolação de 8 anos sem termos o nosso Parque de Exposição Eurípedes Ferreira Lins. Lembro que duas pedras fundamentais do novo parque que foram lançadas pela “compensa” em gestões passadas, mas ficou apenas na “pedra”.  A seguir, destaco trechos da matéria do site da Seinfra que confirma mais um compromisso assumido pelo governador Wilson Lima com o setor primário. Que não tenha mais retrocesso, e que a obra seja concluída para a felicidade de todos os atores envolvidos com o agronegócio familiar e empresarial, e para Faea, Fetagri  e OCB que sempre incluíram essa reivindicação nos documentos entregue aos ex-governadores e ao atual governador. Esse vazio de quase dez anos sem o nosso espaço é a prova real de que nosso setor nunca foi prioridade e que precisa de mais união e menos individualidade, pois só assim seremos ouvidos e respeitados. Agradeço ao Wilson Lima, Petrucio e equipe, Oswaldo e equipe, Seinfra e equipe, SECT e equipe, governo federal e vários outros atores que destravaram os obstáculos e viabilizaram o início das obras na BR-319. Não existe perdedor com essa obra, quem vence é o Amazonas que precisa do agronegócio familiar e empresarial para ajudar o programa “ZFM” para gerar emprego interiorizando o desenvolvimento. Nosso saudoso amigo Eurípedes Lins, lá de cima, certamente está muito feliz com o início da construção que, com justiça, leva o seu nome.

Posição do Estado (Sepror e Seinfra)

O Governo do Amazonas, por meio da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus), iniciou as obras de construção do Parque Multiuso do Governo do Estado do Amazonas, o Parque de Exposição Agropecuária Dr. Eurípedes Ferreira Lins, localizado no km 2 da Rodovia BR-174, a Manaus-Boa Vista. Com investimento de R$ 18.932.567,43, estão em andamento os serviços iniciais de abertura do ramal de acesso, limpeza, colocação de aterro e terraplenagem no terreno que vai abrigar a infraestrutura do parque. O projeto inclui serviços de pavimentação, drenagem, rede de distribuição de água, rede coletora de esgoto, rede elétrica e iluminação pública, alvenarias e estruturas de concreto, reservatório metálico, urbanização, paisagismo e construção de muro de proteção, dentre outros. Novas instalações – O novo parque irá disponibilizar de pista de rodeio, pista de vaquejada, currais, depósito de ração, fazendinha, parques de diversão, pátio de manobras e quatro estacionamentos, praça de alimentação, refeitório, pavilhão de exposição, baias para expositores, dois pavilhões para animais de grande porte, guarita principal, duas guaritas de serviços, aquário, museu de pesca, prédio para administração e serviço de defesa animal e sanitária. Acesso – Para acesso e circulação, o parque irá dispor de seis vias de acesso e saída para a BR-174 com largura variando entre 3,5 e 8,0 metros; duas rotatórias; uma perimetral e cinco vias principais, com sete metros de largura cada uma; e ainda cinco ruas destinadas aos expositores com sete metros de largura cada uma. Expoagro em local próprio – O local será o espaço definitivo para realização da maior feira agropecuária do Amazonas (Expoagro), que conta com grandes exposições do setor primário voltadas para a comercialização de máquinas e equipamentos específicos para o agronegócio, como tratores e colheitadeiras, venda de hortifrutigranjeiros, shows e espetáculos que acompanham estas exposições, como rodeios e vaquejadas. Terá ainda, exposição de animais de pequeno e grande porte, leilões, atividades equestres, além do festival gastronômico e de vasta programação cultural, promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Sepror (Secretaria de Estado de Produção Rural) e suas vinculadas, Idam (Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas), Adaf (Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas) e ADS (Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas).

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar