Pesquisar
Close this search box.

Conheça os parlamentares com emendas ao setor primário para 2022

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) destinou, por meio de Emendas Parlamentares Individuais e Coletivas, mais de R$ 20.865 milhões ao Setor Primário dentro da Lei Orçamentária Anual (LOA 2022). A seguir, para ficar registrado no JC, transcrevo matéria da assessoria de comunicação da Aleam detalhando nomes e valores destinados ao produtor rural do nosso estado.

“…O deputado Adjuto Afonso (PDT) destinou mais de R$ 1,45 milhão para diversas cidades, como Autazes (113 km) que vai receber R$ 200 mil, Boca do Acre ( 1.028 km) cujo aportes serão de R$ 250 mil, Barcelos (399 km) que vai receber R$ 100 mil, Careiro (88 km) que receberá R$ 150 mil, Humaitá (590 km) cujas emendas somam R$ 100 mil e Lábrea (702 km) que poderá contar com R$ 500 mil. Álvaro Campelo (Progressistas) enviará uma emenda de R$ 80 mil para Urucurituba (208 km) para compra de arado hidráulico  e outra destinada à Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), no valor de R$ 500 mil para eventos voltados ao setor primário.

O município de Autazes foi uma das cidades contempladas pelas emendas do deputado Ângelus Figueira (DC), que destinou mais de R$ 300 mil para a realização da Festa do Leite, além de R$ 100 mil para construção de um poço artesiano, em parceria com a Secretaria de Produção Rural (Sepror). Para Beruri (173 km) e Barreirinha (339 km) foram destinados cerca de R$ 100 mil, para cada uma, com objetivo de adquirir insumos agrícolas, incentivando a produção agropecuária dos municípios. O deputado Belarmino Lins (Progressistas) destinou aproximadamente R$ 500 mil para diversos municípios, como Alvarães (531 km) para o qual dedicou cerca de R$ 70 mil, Amaturá (909 km) que vai receber R$ 200 mil para a compra de casas de farinha mecanizadas, R$ 85 mil para a Federação dos Trabalhadores da Pesca e Aquicultura do Amazonas, R$ 90 mil para Ipixuna (1.367 km), R$ 100 mil para Lábrea e São Paulo de Olivença (985 km).

O deputado Dermilson Chagas (sem partido) destinou mais de R$ 2,950 milhões ao Setor Primário, como o envio de R$ 400 mil para financiar um projeto de energia solar da Colônia de Pescadores e Pescadoras Profissionais e Artesanais do município de Envira (1.208 km) para fortalecer as atividades de pesca na região. Também foi objeto de apoio do parlamentar, a aquisição de Casa de farinha mecanizada para atender demandas do projeto “Aumentando a Produção e Melhorando a Qualidade da Farinha de Mandioca”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Produção Rural e Abastecimento de São Paulo de Olivença.

Já o deputado Cabo Maciel (PL) destinou R$ 100 mil para Canutama (619 km), Manicoré (332 km) e Tapauá (449 km), para aquisição de motores bomba, para atender as comunidades ribeirinhas de cada cidade. O vice-presidente da Aleam, deputado Carlinhos Bessa (PV) direcionou R$ 100 mil para atender a Cooperativa Indígena Nova Esperança, em Tefé (523 km), além de R$ 1,450 milhão para a Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal de Manaus, para compra de insumos para a produção rural. O projeto de manejo de lagos do município de Tonantins (865 km) foi agraciado com uma emenda no valor de R$ 100 mil, de iniciativa do deputado Delegado Péricles (PSL), bem como Benjamin Constant (1.121 km) e Tabatinga (1.108 km), que receberão R$ 50 mil cada para a aquisição de máquinas e equipamentos.

Dra. Mayara Pinheiro Reis (Progressistas), Felipe Souza (Patriota) e o deputado João Luiz (Republicanos) destinaram respectivamente R$ 370 mil, R$ 50 mil e R$ 1,3 milhão para cidades como São Sebastião do Uatumã (247 km), Iranduba (27 km), Tonantins, Boca do Acre, Presidente Figueiredo (117 km), Silves (204 km) e Manicoré. Ricardo Nicolau (PSD) destinou R$ 100 mil para Associação dos Aquicultores de Anori (195 km) para a construção de tanques de piscicultura. Saullo Vianna (PTB), Serafim Correa (PSB) e Sinésio Campos (PT) favoreceram as cidades de São Gabriel da Cachoeira (852 km) com R$ 50 mil, Guajará (1.476 km) com R$ 200 mil, Novo Aripuanã (227 km) com R$ 150 mil e Jutaí (751 km) com R$ 200 mil, com emendas voltadas para o fortalecimento do setor primário.

As emendas coletivas são apresentadas pelos blocos partidários da Aleam. Neste ano, mais de R$ 8 milhões foram destinados pelos parlamentares estaduais ao Setor Primário. É o caso de São Gabriel da Cachoeira, que irá receber R$ 700 mil para recuperação de estradas e vicinais, e também Pauiní (923 km) que receberá R$ 400 mil destinados em emendas coletivas. Além destes municípios, foram contemplados Alvarães e Itamarati (985 km), ambas com R$ 500 mil, Guajará com R$ 290 mil, Nova Olinda do Norte (135 km) com R$ 100 mil e São Paulo de Olivença com R$ 240 mil…”

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar