Pesquisar
Close this search box.

As habilidades e empregos verdes

Imagine um mundo onde as economias se desprendem dos combustíveis fósseis e abraçam fontes de energia limpa. Nestas economias, as oportunidades de emprego sustentável estão decolando, mas há um desafio: a falta de profissionais com as habilidades necessárias para impulsionar essa mudança. Este artigo apresenta conceitos sobre habilidades verdes e traz os insights do relatório elaborado pelo Linkedin e divulgado pelo Fórum Econômico Mundial em fevereiro de 2024, destacando a crescente demanda por profissionais com estas habilidades.

Para a European Training Foundation https://tinyurl.com/mwyrx4sd, as habilidades verdes englobam conhecimentos técnicos específicos sobre sustentabilidade, acompanhadas de valores e atitudes que nos ajudam a fazer escolhas sustentáveis no dia a dia. 

Para a United Nations Industrial Development Organization (UNIDO – https://tinyurl.com/yarj2ddm) elas compreendem os conhecimentos, habilidades, valores e atitudes essenciais para viver, promover e sustentar uma sociedade que seja tanto sustentável quanto eficiente no uso de recursos. E segundo o Índice de Habilidades Gerais Verdes, há quatro grupos de tarefas de trabalho especialmente importantes para ocupações verdes:

G1) habilidades de engenharia e técnicas: envolvem competências relacionadas ao design, construção e avaliação de tecnologia, necessário para construções ecológicas, design de energia renovável e projetos de P&D para economia de energia; G2) habilidades científicas: competências essenciais para atividades de inovação, como física e biologia, especialmente demandadas em todas as etapas das cadeias de valor e no setor de utilidades, que fornece serviços básicos como água, serviços de esgoto e eletricidade;  G3) habilidades de gestão operacional: conhecimentos relacionados à mudança na estrutura organizacional necessária para apoiar atividades verdes e uma visão integrada da empresa por meio da gestão do ciclo de vida, produção enxuta e cooperação com atores externos, incluindo clientes; G4) habilidades de monitoramento: Referem-se às habilidades necessárias para avaliar a observância de critérios técnicos e padrões legais, incluindo inspetores de conformidade ambiental, técnicos em monitoramento nuclear, diretores de gestão de emergências e assistentes legais etc. 

Analisando o Global Green Skills Report 2023 <https://tinyurl.com/bd8mzpb6>, que incluiu dados de milhares de profissionais registrados no LinkedIn em 48 países, destacam-se as seguintes descobertas:

1) entre 2022 e 2023, a proporção de talentos com habilidades para lidar com a crise climática cresceu 12,3%, enquanto os empregos que exigiam pelo menos uma habilidade verde aumentaram em 22,4%; 

2) apenas uma em cada oito pessoas possui habilidades relevantes para enfrentar a crise climática, com as mulheres em particular em desvantagem;

3) a proporção de trabalhadores automotivos com habilidades em Veículos Elétricos aumentou em uma mediana de 61% entre 2018 e 2023, com destaque para Suécia (8,1%), Reino Unido (7,3%) e Alemanha (6,1%).

4) energia renovável, solar e distribuição de energia foram as principais habilidades adicionadas pelos trabalhadores de serviços públicos dos EUA em 2022;

5) na Europa, as principais habilidades verdes em crescimento em 2022 foram Planejamento de ação climática, Educação para a sustentabilidade, Emissão de Carbono, Contabilidade de Carbono, Sustentabilidade Corporativa, Armazenamento de H2 e Células de Combustível de H2, enquanto nos EUA foram Contabilidade de Carbono, Qualidade da água potável, Engenharia Energética, Créditos de Carbono, Emissão de Carbono e Auditoria Energética;

6) As profissões em ascensão relacionadas às mudanças climáticas incluem meteorologista, especialista em agricultura, conselheiro de políticas públicas e biólogo marinho. Para design sustentável, vantagens para planejador urbano, gerente de arquitetura, diretor de design de interiores e gestor de construção. E para eficiência energética, destaque para engenheiro hidráulico, gerente de utilidades, engenheiro de vendas de projetos, vice-presidente de instalações e engenheiro de aquecimento e ar-condicionado.

A análise global conduzida pelo LinkedIn, a maior plataforma de empregos, destaca a crescente importância das habilidades e carreiras verdes nas economias. Isso ressalta a necessidade dos formuladores de políticas públicas e líderes educacionais adaptarem políticas, currículos e programas de estudo para preparar os alunos para essas oportunidades emergentes. Essa adaptação não só aumentará suas chances de sucesso no mercado de trabalho, mas também os capacitará a contribuir positivamente para a sociedade.

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar