A IA (Inteligência Artificial e o ChatGPT (parte 2)

No artigo da semana passada recomendou-se criar uma conta no ChatGPT para testar o serviço e aprofundar sobre suas diversas facetas. Pois então, supondo que criaste a conta e fizestes os testes, comecemos a diversão, praticando, acesse o ChatGPT <https://chat.openai.com/> para simular sete aplicações importantes no nosso dia a dia.

CASO 1: REDAÇÂO PARA O Enem

Imagino que sejas um(a) jovem se preparando para fazer uma redação para o Enem, mas está sem acesso a bons livros, então podes usar o ChatGPT da seguinte forma:

1) Pergunte os temas de redação mais solicitados nos últimos cinco anos. Em resposta, o ChatGPT mostrará temas que podem servir de base para se aprofundar, tais como: a) meio ambiente e sustentabilidade; b) direitos humanos e inclusão social; c) educação e valores éticos; d) mudanças climáticas e suas consequências etc.

2) Peça para gerar uma redação sobre um desses temas, por exemplo, sobre “Meio Ambiente e Sustentabilidade” e receberás uma redação com cerca de cinco parágrafos.

3) Dialogue para entender mais sobre alguma palavra ou frase que não dominas, se possível solicitando as causas, fontes, fatos ou estatísticas. Por exemplo, se na redação proposta apareceu a frase “aquecimento global”, então peça para ele citar as principais causas, depois solicite exemplos de ações que podemos fazer para reduzir o problema. 

4) Em relação às ações, solicite para listar as soluções que as GOMIFES (Governo, ONGs, Mídia, Iniciativas Privadas ou Indivíduos, Família, Escola e Sociedade) poderiam implementar para reduzir o aquecimento global no Brasil.

5) Podes solicitar argumentos para se aprofundar em algumas das ações recomendadas pelo modelo de IA.

Pronto meu jovem, minha jovem, você agora tem um farto material para refletir e escrever a sua própria redação, mas lembre-se de que o ChatGPT é uma ferramenta de apoio, use-a com sabedoria, não deve ser usado para fazer “Cola” como se fosse de sua autoria, seja para redação ou para qualquer outro tipo de documento. Para tanto, faça as perguntas certas, cheque a veracidade em fontes oficiais, faça as anotações e crie a sua própria obra. Se tiver dúvida sobre como fazer uma boa redação para o Enem, peça recomendações do ChatGPT e veja o resultado.

CASO 2: ROTEIRO TURÍSTICO

Agora imagino que o(a) nobre leitor(a) deseja viajar para uma cidade, digamos que Santa Catarina, que tenha apenas dois dias disponíveis, mas como não conhece ninguém por lá, podes solicitar para o ChatGPT criar um roteiro turístico para conhecer em dois dias Santa Catarina, e receberás uma sugestão de roteiro do que poderias fazer pela manhã, tarde e noite naquela região.

Se tens dúvidas sobre os locais recomendados, se são gratuitos, pagos, ou se há alguma atração acontecendo naquele local, seja mais específico, ou faça pesquisa acessando o site do local recomendado.

CASO 3: CV OU CARTA DE APRESENTAÇÃO

Agora a simulação vai para quem deseja fazer um currículo, mas está sem ideia, então é possível solicitar ao ChatGPT para apresentar um modelo. Por exemplo, se és aluno do curso de Engenharia de Produção e está em busca de estágio, peça para ele fazer um modelo de currículo para um graduando em Engenharia de Produção, logo receberás um exemplo para se inspirar.

O mesmo pode acontecer para quem deseja um modelo de carta de apresentação para apresentar para o RH de uma empresa, podendo especificar sua profissão ou último nível de formação. Por exemplo, se és uma secretária e busca uma vaga com esta função, podes solicitar ao ChatGPT para apresentar um modelo de carta de apresentação para o cargo de secretária para ser entregue para uma empresa. Teste e enriqueça os documentos com suas informações tais como certificados, experiências exitosas etc.

CASO 4: MODELO DE DISCURSO

Agora suponho que foste convidado para fazer um discurso para a formatura do seu curso ou uma festa. Se está sem ideias, podes solicitar para o ChatGPT lhe apresentar modelos. Por exemplo, podes solicitar qual o melhor discurso para a formatura de alunos de administração, que receberás um exemplo. Peça outros exemplos, modificando a pergunta, peça mais longo, que deixe a linguagem mais informal, depois crie o seu, a partir das melhores frases que representam a realidade daquela situação ao longo do tempo.

CASO 5: PARECER SOBRE UMA OBRA

Agora imagino que tenhas interesse em comprar ou recomendar um livro, então podes pedir a lista dos melhores livros sobre o tema escolhido. Depois podes escolher um dos livros e solicitar um parecer do ChatGPT “Qual o seu parecer sobre o livro X?”. Se não ficar convencido, podes pedir mais detalhes sobre a obra.

CASO 6: COMPUTAÇÃO EM NUVEM

Uau, imagino que sejas um profissional que atua nesta área tão promissora, agora tens um grande aliado, pois é possível automatizar tarefas rotineiras usando scripts que interagem com o ChatGPT, tais como gerenciamento de storage, criação ou eliminação de instâncias etc. Também é possível criar um chatbot para ajudar usuários a entender como usar os serviços de computação em nuvem. Além disso, podes utilizar o modelo como assistente virtual para ajudar desenvolvedores a realizar testes, bem como configurar ambientes de desenvolvimento.

Em grande síntese, os profissionais que trabalham com a computação em nuvem podem explorar o ChatGPT para gerar documentação técnica, responder perguntas aos consumidores, gerar e limpar códigos, criar scripts para automatizar tarefas, ajudar no roadmaping, sanar dúvidas e ampliar seus conhecimentos.

CASO 7: USO DO ZAPGPT EM DEZ PROFISSÕES

Uma Startup brasileira criou o ZapGPT, em que podes usá-lo no seu WhatsApp, bastando cadastrar no celular o número 5511910002248, e aqui <https://bit.ly/40F8qQQ> há dicas para dez profissões.

Finalmente, para usar com sabedoria o ChatGPT, seja específico, respeitoso, evite usá-lo como substituto de conselhos médicos ou legais, pois as respostas podem não ser acuradas ou atualizadas. Além disso, o modelo está aprendendo e pode cometer erros, sendo necessário adotar uma mentalidade crítica no processo de análise das respostas. Então use-o como uma ferramenta de aprendizagem para expandir seus conhecimentos, lembrando que não deves perder sua essência, ficando viciado(a), dependente apenas deste modelo, pois como tudo na vida, a sabedoria repousa no equilíbrio mental (Buda), na prudência (Provérbios 14:33), responsabilidade (Alcorão 2: 2286) e bom uso das coisas no nosso dia a dia.

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário