Pesquisar
Close this search box.

15ª Lei das 48 Leis do poder

Carlos Silva

“ANIQUILE TOTALMENTE O INIMIGO. Todos os grandes líderes, desde Moisés, sabem que o inimigo perigoso deve ser esmagado totalmente. (Às vezes, eles aprendem isso da maneira mais difícil.) Se restar uma só brasa, por menor que seja, acabará se transformando numa fogueira. Perde-se mais fazendo concessões do que pela total aniquilação: o inimigo se recuperará, e quererá vingança. Esmague-o, física e espiritualmente.” Essa é a 15ª Lei das 48 Leis do Poder. Claro que, aparentemente, se aplica a situações de conflitos bélicos. Mas, no nosso cotidiano, nossas leis nos protegem. E, mais que isso, a nossa cultura e a nossa consciência, nossos princípios e valores, nos conduzem a, simplesmente, evitar conflitos violentos. Isso não é covardia, é inteligência mesmo. Mas, infelizmente, sabemos que nem todos pensam assim. O ser humano foi formatado, ao longo da História, por atitudes de ataque e defesa. Por que todos trancam a casa quando saem de casa? Ou, por que muitos mantem armas de fogo em casa? Existem infindáveis situações que comprovam a nossa aderência à violência e às guerras. E guerra é um excelente negócio. A História mostra isso. E, se lembrarmos quando éramos espermatozoides, cercado de irmãozinhos, aos milhares, e que, em um determinado momento, “acionaram o alarme” e tivemos que nadar rápido, e muito rápido, em direção ao útero materno. E “avisaram” que, quem não chegasse ao objetivo, morreria. Enfim, viemos ao mundo em disputa, em conflito, em guerra e com a consciência da vida e da morte. Mesmo que não gostemos, há que se ter a certeza de que a violência está incrustrada na nossa vida, de um jeito ou de outro. E, sabemos, também, que não precisa ser violento com derramamento de sangue. Existem situações dramáticas onde não há mortos e não há sangue, mas, nem por isso deixa de ser violência pura e gratuita. Porém, se na sua vida você encontrar alguém, em alguma situação que possa defini-lo como um inimigo, pense em o que você vai fazer. Mas pense mesmo. Por outro lado, já imaginaram um mundo sem guerras , sem crimes e sem violência? Imagine mesmo e com calma. Seria uma enorme perda de tempo viver? A vida é dinâmica e se torna mais maravilhosa ainda quando se vence desafios e se conquista algo, uma posição ou um objetivo. Isso é guerra. Sem sangue, às vezes. Fecho o artigo com uma passagem do Livro as 48 Leis do Poder, no capítulo da Lei 15:” O princípio por trás de “esmagar o inimigo” é tão antigo quanto a Bíblia: o primeiro a colocá-lo em prática foi Moisés, que a aprendeu com o próprio Deus, que abriu o mar Vermelho para os judeus e depois deixou que as águas fluíssem novamente afogando os egípcios que vinham logo atrás, de forma a não sobrar nem um só deles”. Bem, reflita. Mas, a vida segue!

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar