Opinião

COMPARTILHE

Rompimento selado

Por Redação

11 Jan 2020, 23h05

Crédito: Divulgação

Depois que o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Josué Neto (PSD) divulgou nota assinada pelo Poder condenando o aumento salarial concedido pelo Governo a integrantes dos altos escalões, azedou de vez a relação entre ele e a cúpula governamental, a ponto de um vice-governador, Carlos Almeida (PRTB), conceder uma entrevista atacando de todas as formas o parlamentar. Segundo ele, Neto foi incoerente e está tentando aparentar independência, “depois de passar a vida inteira sendo subserviente às sucessivas administrações”. Ele ainda condenou a assinatura da nota, afirmando que a maioria dos deputados não apoiou seu teor. O deputado Saulo Vianna (Cidadania) já tinha afirmado isso anteriormente. Já o deputado Fausto Junior (PV) afirmou que o que está contido ali representa sim a opinião da maioria dos parlamentares. Seja como for, o rompimento do presidente com o Governo está selado. Resta saber quantos deputados mais vão participar da dissidência.

CONTABILIDADE

Quem conhece os bastidores da Assembleia Legislativa afirma que, hoje, cinco deputados estão posicionados na oposição ao Governo, outros 11 são fiéis ao governador Wilson Lima (PSC) e os demais vão navegar ao sabor da onda das eleições municipais que se avizinham, podendo estar na situação ou na oposição dependendo da própria conveniência. Os “independentes”, portanto, são decisivos.

DESMOBILIZADOS

Os deputados federais e senadores do Amazonas não conseguiram encaminhar ontem nenhuma resolução sobre o problema do Polo de Concentrados da Zona Franca de Manaus. A maioria está viajando para o exterior, curtindo as férias. Estavam na capital amazonense esta semana apenas o senador Omar Aziz (PSD) e o deputado federal Marcelo Ramos (PL). Todos os outros estão fora do Estado.

NOVO ENDEREÇO

O prédio anexo do Ministério Público Federal no Amazonas está funcionando em novo endereço. Agora localizado na rua Sírio Libanês, número 5, no bairro Chapada, o novo prédio já atende às demandas da comunidade interna e externa. As novas instalações abrangem setores administrativos e seis ofícios do MPF que atuam nas áreas de combate à corrupção, direitos sociais, populações indígenas e comunidades tradicionais, criminal, direitos do consumidor, entre outros.

MATERIAL ESCOLAR

O Ministério Público do Amazonas, o Procon Amazonas e o Procon Manaus expediram, no último dia 8, uma recomendação conjunta aos estabelecimentos de ensino privado do Amazonas, visando coibir abusos na contratação dos serviços e nas exigências apresentadas aos alunos e seus responsáveis no período que precede o início do ano letivo. A medida visa garantir que as escolas particulares observem as disposições do Código de Defesa do Consumidor.

EMBALAGENS

A Agência de Desenvolvimento Sustentável, do Governo do Amazonas, iniciou a entrega de aeradores e embalagens (tipo papelão e sacos de ráfia) a piscicultores e produtores rurais do estado. Os produtos estão sendo vendidos a preços subsidiados em até 80% por meio do Edital de Credenciamento de Doação Onerosa disponível no site institucional da Agência (www.ads.am.gov.br).

NOVO BOSQUE

Com o objetivo de realizar atividades com foco na educação ambiental, incluindo a formação de agentes ambientais mirins, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas vai inaugurar ainda neste primeiro semestre um bosque temático e ecológico em Manaus. O local será construído em uma área de 27 mil metros quadrados localizada no Ipaam, na avenida Mário Ypiranga Monteiro, zona centro-sul da capital. 

CONSELHO

Tomaram posse os novos membros do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas para o mandato de dois anos, até dezembro de 2021. O defensor público geral, Rafael Barbosa, como presidente, deu posse aos representantes de 1ª Classe, defensores públicos Marco Aurélio Martins e Adriana Monteiro Ramos Tenuta. Como representantes da 2ª Classe, tomaram posse os defensores Danilo Germano Ribeiro Penha e Caroline Pereira de Souza.

INVESTIMENTO

A Secretaria de Produção Rural do Estado do Amazonas, juntamente com a Agência de Fomento do Estado Amazonas, deverão destinar aproximadamente R$ 28 milhões para investimento no setor primário em 2020, em linhas de crédito e subvenção econômica. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (09), durante a primeira reunião entre os órgãos para traçar metas de trabalho para o ano.

FRASES

“Ele quer ser de direita e de esquerda ao mesmo tempo.” Carlos Almeida (PRTB), vice-governador, sobre o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Josué Neto (PSD)

“Caso não tenhamos resposta das empresas, iremos compor uma ação civil pública para que elas implementem as propostas no prazo que a Justiça colocar.” Thiago Rosas, defensor público, sobre propostas que serão encaminhadas para melhorar a segurança dos motoristas de aplicativos

Veja Também