Empreendedorismo

COMPARTILHE

Quando o visual fala alto na comunicação

Dos desenhos da infância a belos projetos arquitetônicos em fachadas de estabelecimentos

Por Evaldo Ferreira

07 Jan 2020, 21h25

Crédito: Evaldo Ferreira

Um segmento que não para de crescer no Brasil, e Manaus segue a mesma tendência, é o de comunicação visual e ele é tão amplo que pode começar com a confecção de um simples adesivo, destes que vemos pregados nos carros, a projetos de fachadas de estabelecimentos residenciais e comerciais.

Rodrigo Ezagui começou trabalhando na área há 23 anos, mas o seu interesse pelo desenho começou ainda na infância.

“Sempre gostei de desenhar e dos desenhos infantis passei para a arte final, que é aquele desenho profissional, com criação e design trabalhados”, lembrou.

Profissionalmente, Rodrigo começou em 1996, quando foi trabalhar na Cello’s, “a primeira empresa a produzir peças para comunicação visual, em Manaus”, lembrou.

Depois passou a trabalhar na Expansão, sempre criando arte e design através de programas de computador.

“De 2001 até 2005 atuei como free lancer, vendendo meus serviços, mas achei melhor voltar para a segurança de uma empresa, no caso, a Out Put, onde fiquei até 2007. Naquele ano cheguei à conclusão que já sabia o suficiente para abrir minha própria empresa, o que aconteceu no ano seguinte, quando comecei com a Infinite Projetos e Sinalização”, contou.

“Nestes doze anos atuando em empresas de comunicação visual fiquei conhecido pela qualidade e profissionalismo dos meus trabalhos, o que foi essencial para quando abri a Infinite, ter a credibilidade por parte dos clientes”, garantiu.

Inovação na arquitetura

“O segmento de comunicação visual não é novo. Nele eu já estou há 23 anos. O que ocorre é que no momento ele está em expansão. Figurativamente falando em cada esquina tem uma empresa de comunicação visual, em Manaus, produzindo faixas e placas”, disse.

Mas o segmento vai além das faixas e placas.

Pesquisa realizada pela Fespa (Federação Internacional de Indústrias de Impressão Digital e Comunicação Visual) mostrou que entre os produtos mais solicitados pelos clientes estão o banner, o pôster, a sinalização e o out door.

O portfólio de Rodrigo tem bem mais serviços.

“Somos especializados em letra caixa (o nome da empresa na frente do empreendimento) de diferentes tipos de materiais: aço inox, aço escovado, aço galvanizado, latão, acrílico, entre outros, além de fazermos impressão digital, envelopamento de veículos, corte laser e fresa, displays luminosos, e trabalhos em acrílico”, listou.

Mas o que o empresário gosta de destacar em termos de inovação é seu Departamento de Arquitetura e Construção.

“Somos a única empresa em Manaus que une a comunicação visual e design arrojado com projetos arquitetônicos, desde seu desenvolvimento e apresentação em 3D à execução dos serviços, sejam eles residenciais, comerciais, industriais ou institucionais. Temos os nossos próprios arquitetos”, revelou.

No Departamento são desenvolvidos desde stands, projetados e montados pela Infinite, até fachadas de estabelecimentos.

“Os projetos são apresentados em maquete eletrônica 3D, o que faz com que o cliente tenha uma visão real de como ficará o seu serviço após concluído”, afirmou.

Ponto de Vista

Rodrigo Ezagui está confiante na melhora contínua da economia do país, tanto que já está investindo em novas máquinas e equipamentos. O empresário da comunicação visual quer estar sempre à frente da concorrência, que segundo ele, está repleta de muitas empresas em Manaus, mas a grande maioria não presta o serviço completo no tão diversificado mercado que só se expande.

Jornal do Commercio: 2019 foi um ano difícil para a Infinite?

Rodrigo Ezagui: Até o meio do ano foi bom, depois teve uma pequena queda mas, felizmente, para o final do ano, acompanhando a melhora da economia do país, as coisas melhoraram. Trabalho com empresas e lojas, onde nossas fachadas se tornaram bastante conhecidas, e este ano começaremos a fazer serviços para órgãos públicos.JC: O que você diria para alguém que deseja montar uma empresa neste segmento da comunicação visual?

RE: É uma área boa, porque tem muito mercado, porém, também têm muitas empresas no segmento, ocorre que poucas são completas. A Infinite é completa. Temos profissionais qualificados em todas as nossas áreas de atuação. Tem muita empresa aí que terceiriza seus serviços.

JC: Quais investimentos pretende fazer em 2020?

RE: Vamos iniciar no segmento gráfico, adquirindo uma gráfica rápida para imprimir cartões de visita, folders, flyers. Impressos pequenos. Também teremos uma router, máquina que corta PVC, acrílico, MDF, chapas de aço e alumínio. Hoje temos uma router que corta apenas acrílico e MDF. E vamos adquirir um plotter de pressão UV para imprimir em vidro e acrílico e qualquer outro substrato rígido.

Guia Rápido

Nome: Infinite Projetos e Sinalização

Fundação: 2008

Segmento: Serviços de comunicação visual  

Sede: Rua Rio Mar, conjunto Vieiralves, N. Sra. das Graças  

Site: www.infinitemanaus.com.br

Telefone: 3663-5605