Opinião

COMPARTILHE

Pra que serve uma bancada?

Por Redação

15 Fev 2019, 10h08

Crédito: Divulgação

O Amazonas tem três senadores e oito deputados federais. Não chega a ser uma força política muito relevante no Congresso Nacional, mas é suficiente para defender os interesses regionais. Pois estes parlamentares precisam dizer claramente à sociedade o que pensam sobre o desgastante processo porque passa a Superintendência da Zona Franca de Manaus. Até agora nenhum deles disse uma palavra, o que gera especulações sobre um eventual interesse de todos em “queimar” o coronel reformado do Exército Alfredo Menezes, já indicado para chefiar a autarquia desde o dia 7 de janeiro, mas até agora não nomeado oficialmente. Os sinais que vêm de Brasília indicam que há um movimento hoje na base de apoio ao Governo Federal, para que os cargos de terceiro escalão, normalmente sediados nos Estados, sejam distribuídos pelo velho método da indicação política. Isso inclui a Suframa. Não por acaso, o vereador Chico Preto (PMN) afirmou que a “velha política” está segurando a nomeação de Menezes. E 40 dos 41 vereadores da Câmara Municipal de Manaus assinaram moção de apoio ao coronel.

RESOLVEU

Wilson Lima (PSC) diminuiu sensivelmente seus problemas na Assembleia Legislativa ao escalar os deputados Carlinhos Bessa (PV), Joana D´Arc e Cabo Maciel (PR) para defender o seu Governo, como líderes da bancada de apoio. Os dois primeiros, principalmente, foram para o enfrentamento contra os opositores, que são poucos, mas estavam fazendo muito barulho.

SURFANDO

Já o prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB) continua navegando em águas muito tranquilas na Câmara Municipal de Manaus. A oposição a ele está praticamente reduzida ao vereador Chico Preto. Os outros 40 estão pacificados. E o novo presidente, Joelson Silva (PSDB), assim como o líder, Marcel Alexandre (PHS) são considerados extremamente cordiais e habilidosos no trato com os colegas, o que facilita ainda mais a vida do chefe do Executivo, que chega a surfar em ondas nada bravias.

FOMENTO

O Ministério Público Federal no Amazonas divulgou edital para seleção de organizações e de entidades de apoio e fomento à produção orgânica e agroecológica a fim de serem destinatárias de recursos provenientes de compromissos de ajustamento de conduta, celebrados pelo órgão.

O QUE É

Segundo a Lei Federal 10.831, de 23 de dezembro de 2003, entende-se como alimento orgânico aquele produzido ou devidamente certificado por agricultores familiares, que façam parte de uma Organização de Controle Social cadastrada no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e que tenham sido inscritos no Cadastro Nacional de Orgânicos ou em outro que venha a ser instituído no âmbito federal.

RISCO MÉDIO

A Prefeitura de Manaus já concluiu o Diagnóstico da Infestação do Aedes aegypti, iniciado pela Secretaria Municipal de Saúde no dia 4 de fevereiro, em 57 dos 63 bairros de Manaus. Os trabalhos foram encerrados nas zonas Leste e Oeste, e até segunda-feira (18) o diagnóstico será finalizado nos bairros das zonas Sul e Norte. O risco ainda é médio para a incidência das doenças ocasionadas pelo mosquito.

REFORÇO

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano, órgão colegiado de caráter técnico, disciplinar e deliberativo da Prefeitura de Manaus, com atuação junto ao Instituto Municipal de Planejamento Urbano, passa a contar com mais quatro entidades da sociedade civil organizada e secretarias para auxiliar nas decisões sobre o planejamento urbanístico de Manaus. São elas a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário no Estado do Amazonas, Conselho Regional de Contabilidade, Secretaria Municipal de Saúde e Casa Civil.

CRÉDITO TURISMO

A diretora de negócios de turismo e eventos do Estado, Cléa Viana, reuniu-se com o presidente da Agência de Fomento do Estado do Amazonas, Marcos Vinicius Castro, para discutir a implantação do Manual do Empreendedor, que vai dar oportunidade para empresários e microempresários ligados ao turismo de fomentar e potencializar os negócios, por meio de linhas de créditos. 

VAI COMEÇAR

No próximo dia 18, a Universidade do Estado do Amazonas dará início às atividades acadêmicas do ano de 2019, quando 5.337 novos alunos passarão a estudar na instituição, tanto na capital quanto no interior. Do total de novos alunos, a UEA registra a entrada de 3.199 acadêmicos via Vestibular e 2.138 que ingressaram na Universidade por meio do Sistema de Ingresso Seriado, que avalia os alunos por meio de provas feitas ao final de cada uma das três séries do Ensino Médio. 

FRASES

Apesar de estarmos aqui ao lado, o desenvolvimento não chega a Iranduba”, Francisco Gomes da Silva, o “Chico Doido” (DEM), prefeito do município, em audiência durante a qual fez vários pedidos ao governador Wilson Lima (PSC)

Mentem muito sobre a Zona Franca”, Plínio Valério (PSDB), senador, em sua primeira entrevista à TV Senado

Veja Também

Frente & Perfil

Menezes na Suframa, finalmente

16 Feb 2019, 23h14