Agronegócios

COMPARTILHE

Parceria com a Embrapa/Bahia para fortalecer a citricultura no Amazonas

Por Marco Dassori

24 Ago 2019, 13h04

Crédito: Divulgação

Uma parceria entre o setor rural do Amazonas e a Embrapa de Cruz das Amas, na Bahia, sinaliza aumentar a produção e a produtividade da fruticultura e da mandioca locais, com espécies mais resistentes a doenças e menor tempo de maturação, nos próximos anos.

Uma comitiva do Estado esteve no campo da Embrapa situado no município baiano, nesta terça (20), para conhecer novas tecnologias para citricultura recomendadas e firmar parceria para a realização de Seminário da Citricultura com Dia de Campo, a ser realizada na 41ª Expoagro, prevista para o período de 3 a 6 e outubro deste ano, em Manaus.

O Brasil é o terceiro maior exportador de frutas do mundo com previsão de faturamento em 2019 de US$ 1 bilhão e geração de 5 milhões de empregos em todo o território nacional. No Amazonas a citricultura vem ocupando espaço importante. O Estado conta com 2.500 produtores, que atuam em uma área total de 5.100 hectares em uma atividade que responde por 15 mil empregos diretos.

A safra estadual de frutas, contudo, sofreu declínio neste ano, conforme dados do IBGE. A estimativa mais recente é que a produção de laranjas vai sofrer um baque de 6,1%, perdendo em torno de 4,3 mil toneladas, entre em relação a 2018. No caso da banana, a projeção aponta para uma queda de 10,8% e redução de 14 mil toneladas na mesma comparação.

Já a mandioca vem de uma curva ascendente, conforme a mesma base de dados. A expectativa de crescimento é de 58,1% para o mesmo período assinalada nos levantamentos anteriores do IBGE, levando a safra de 842 mil toneladas (2018) para 1.332 mil toneladas (2019). Apesar disso, a produtividade ainda é baixa. 

A iniciativa da aproximação partiu dos produtores rurais do Estado, por intermédio da Amazoncitrus (Associação Amazonense de Citricultores). A expectativa é que produção e produtividade registrem ganhos com novas variedades lançadas e adaptadas à região amazônica. Com isso, espera-se reduzir o prazo de maturação das plantas e aumentando sua resistência a doenças, bem como sua longevidade. 

Novas variedades

No caso da laranja, o diagnóstico da Sepror é que os pomares devem continuar seu processo de renovação nos plantios, com a introdução de novas cultivares. Em relação à banana, a secretaria estadual pretende fazer um evento na Expoagro para apresentar novas variedades desenvolvidas pela Embrapa em Cruz das Almas.

“Existe também um projeto pela Fapeam Pró-Estado que está na terceira etapa, desde 2010, com mais de R$ 1,7 milhão em investimentos para desenvolver a produção integrada do citros (laranja, limão e tangerina)”, ressaltou o titular da Sepror (Secretaria de Produção Rural do Amazonas), Petrúcio Magalhães Júnior.

Segundo o secretário estadual, o projeto mencionado inclui capacitação de técnicos e produtores, além de experimentos para testar a combinação de sete porta-enxertos e dez copas para posterior difusão das tecnologias na atividade. E já está sendo aplicado em Rio Preto da Eva, Iranduba e área rural de Manaus.

Relações consolidadas

O presidente da Faea (Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas), Muni Lourenço, destacou que a visita foi importante para consolidar as bem sucedidas relações de cooperação já existentes entre a unidade da Embrapa de Cruz das Almas (BA) com o Amazonas.

“Principalmente a partir do projeto de pesquisa e transferência de tecnologias em citrus, que vem promovendo crescimento da citricultura tanto em produção, produtividade e qualidade de fruto. Essa visita proporcionou tratativas para a ampliação dessa parceria para mandioca, abacaxi e banana, culturas que se destacam no contexto do nosso setor primário e que poderão ser alavancadas”, arrematou.

Participaram da visita o titular da Sepror, Petrúcio Magalhães Júnior, o presidente do Idam (Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal do Amazonas), Luiz Herval, o presidente da Faea, Muni Lourenço, e o presidente da Amazoncitrus, Cláudio Decares, entre outros. 

Veja Também