Comércio

COMPARTILHE

Comércio de Manaus se prepara para vendas no Black Friday

Por Andréia Leite

18 Nov 2019, 09h47

Crédito: Divulgação

Com a chegada do mês de novembro e de mais uma edição da Black Friday, que acontecerá dia 29, o comércio varejista já entra no esquenta para a data considerada termômetro de vendas para o Natal. O evento, tradicional nos Estados Unidos, conhecido como um período de grandes liquidações, com preços atrativos tem cativado cada vez mais consumidores e tem ganhado cada vez mais a adesão de empresários do setor. 

No ano passado 280 lojas participaram da campanha, a estimativa é que este ano 400 lojas devem aderir à campanha, com descontos previstos de 50% nos produtos. A informação é do presidente da CDL-AM  (Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus), Ralph Assayag. O período de promoções poderá se estender ao longo do mês e promete trazer produtos de diversos segmentos, oferecidos por pequenos e grandes lojistas tanto online como físicos.

Para o assessor econômico da Fecomércio-AM, José Fernando Silva, com o passar dos anos a data vem ganhando mais impulso e já marca o calendário do setor varejista. “A Black Friday é um evento que veio para ficar. A cada ano as vendas aumentam e a adesão das empresas aumentam na mesma proporção”. 

De acordo com Silva, o aumento no número de empresas que devem aderir à campanha é 4% maior que no ano passado.

“Pelo número de empresas que estão participando, a tendência é que teremos resultados muito melhores que o ano passado. A força que a campanha traz, resulta numa programação de sucesso com desempenho positivo”. 

Tem gente economizando para a espera da data. É o caso da autônoma, Adila Barros, que pretende ir às compras visando as festas de fim de ano. “No ano passado eu investi em alguns itens como eletrodomésticos e eletrônicos e consegui economizar mais de R$ 300 no dia da black. Os preços estavam bem abaixo do esperado”, lembra.

A microempreendedora, Nelmiza Félix, também está de olho na data. Ela acredita que é uma ótima oportunidade para garimpar e adquirir produtos mais em conta. Mas a prioridade é focar nos acessórios de volta às aulas, já pensando em 2020. “A minha filha está querendo comprar uma mochila de marca, mas o valor é alto. Pretendemos aproveitar as promoções para comprar num valor mais acessível”.  

Apesar de concordar que o evento é vantajoso, a empresária,   Glaucia Fortes, é cautelosa quando o assunto é desconto. “Geralmente as lojas sinalizam que tem aquela redução no preço, mas às vezes não é praticado o que eles divulgam. Eu sou muito criteriosa em relação a isso”. 

Para atenuar e coibir qualquer prática neste sentido, o dirigente, da CDL explicou que a contará com o apoio do Programa Estadual de Proteção e Orientação do Consumidor (PROCON/AM) e da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC/Aleam). “Já estamos viabilizando a participação das lojas para ofertar o maior número de produtos possível aos consumidores, além de órgão parceiros como o Procon/AM e CDC/Aleam”, disse, Ralph Assayag informando que a expectativa é superar os números de vendas no ano passado. 

Esquenta

Alguns varejistas já estão anunciando opções com descontos, é o caso da TIM, que antecipa algumas ofertas para um “esquenta” da data. São bônus especiais nos segmentos pós-pago e Controle, além de descontos exclusivos em aparelhos. O iPhone 8, por exemplo, sai de R$ 3.399 por R$ 2.199 para clientes do TIM Black 10 GB + 10 GB. O smartphone tem câmera de 12 MP e permite tirar fotos em alta resolução e gravar vídeos em 4K.

“A Black Friday vem ganhando força a cada ano e é uma data muito importante para o setor de telecomunicações. Estamos apostando em descontos agressivos em smartphones e em bônus de internet para que os clientes possam aproveitar ao máximo os benefícios dos nossos planos”, explica Renato Ciuchini, Head de Marketing Consumer da TIM Brasil.

Shoppings estão no embalo

O Shopping Ponta Negra está em ritmo acelerado nos preparativos para mais uma campanha Black Friday, que vai acontecer, neste ano, nos dias 29 e 30 de novembro e 01 de dezembro (sexta, sábado e domingo), mas já adiantou que haverá descontos de até 70% por parte das lojas que aderirem.

De acordo com a coordenadora de marketing do Shopping, Priscila Furtado, como em anos anteriores, a campanha de 2019 será um importante momento para a antecipação das compras de final de ano, com promoções em diversas linhas.

Além dos preços em conta, o Shopping Ponta Negra promete um ambiente todo especial para receber os clientes, nesta época que antecede as festas de final de ano. “A Black Friday já é uma campanha aguardada pelos clientes do shopping”, afirma Priscila.

No Amazonas Shopping a largada para a tradicional campanha de descontos se estenderá até o dia 1 de dezembro. Lojas como Bemol e Info Store já confirmaram participação na campanha.

O gerente de Marketing do Amazonas Shopping, André Santi, ressalta que a expectativa dos lojistas para o Black Friday é de grande movimento, seguindo o sucesso alcançado em anos anteriores. “Temos tido excelentes resultados e neste ano não deverá ser diferente”, disse.

Segundo o presidente da Alasc (Associação de Lojistas do Amazonas Shopping), André Gesta, a expectativa para o Black Friday está muito grande, principalmente, porque várias empresas adiantam o pagamento da primeira parcela do 13º salário, o que acaba motivando os consumidores. “Essa é uma data que já entrou para o calendário brasileiro. Para os lojistas, é a oportunidade para reduzir o estoque, para receber os produtos para o Natal e os consumidores conseguem adiantar as compras antes do período de maior movimento”, destacou.

Já o Manaus Plaza Shopping vai apostar em quatro dias de preços baixos. De 28 a 30 de novembro, as lojas do centro de compras oferecem até 80% de desconto. A data tem com um dos objetivos renovar os estoques dos lojistas para o Natal. 

Uma das ofertas são as massagens relaxantes do Espaço No Stress que estará com 20% de desconto. A Lojas Americanas promete produtos com até 80% off, a Modastore Brasil oferece looks femininos nos valores de R$19,90 a 89,90.

Os descontos se estendem na alimentação também, a Alemã Gourmet traz o combo de refeição completa: frango marinado, com sobremesa e refrigerante por R$19,90 e famoso bolo da vovó por R$12,00. A Batata e o Frango oferece pratos variados por R$10,00.

Levantamento

Dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que 21% dos empresários brasileiros que atuam no comércio e no ramo de serviços devem aderir à campanha de promoções da Black Friday 2019. Considerando os empresários que vão participar da Black Friday deste ano, seis em cada dez (57%) acreditam que a data representa uma oportunidade para divulgar a loja e prospectar novos clientes e 43% veem a chance de aumentar as vendas. Há ainda um quarto (25%) de empresários que quer reduzir os estoques.

 

Veja Também