Manaus, 22 de Janeiro de 2018
Siga o JCAM:

Novembro com saldo positivo de empregos

Em novembro deste ano, o saldo de trabalhos formais no Amazonas ficou positivo ao registrar um ganho de 395 vagas e variação de 0,10% em relação ao mês anterior. O setor que impulsionou o bom resultado foi o comércio com a abertura de 1,5 mil empregos, aquecido pelas vendas de fim de ano. Por outro lado, os principais setores que geraram saldo ...


Vendas confirmam previsões do comércio

Mesmo sem dados oficiais, ao que tudo indica a movimentação das vendas natalinas de Manaus teve melhor desempenho neste ano. Segundo a projeção de empresários e entidades de classe, o faturamento na principal data em vendas para o comércio local deve alavancar até 6% em relação a 2016. O resultado tende a ser superior às vendas nacionais, que chega...


Todos na Black Friday

A adesão maciça do comércio varejista, principalmente o online, ao Black Friday, aos poucos contagia o setor de serviços, fato que faz com que pequenos empresários busquem aliar suas marcas a data. Ao contrário das grandes marcas que oferecem produtos ligados a alta tecnologia, os empresários que embarcam na Black Friday oferecem serviços tradicion...


Setor prevê melhoras na atividade

O setor do comércio no Amazonas registrou em setembro o segundo melhor desempenho do país com alta de 3,3% na comparação com o mês anterior. A taxa mais elevada foi assinalada na Paraíba (6,8%). O resultado foi acima da média nacional que ficou em 0,5% no período. O Estado também ficou entre as melhores variações nacionais na comparação com igual m...


Boas vendas só após o 13° salário

Com a movimentação nas lojas do Centro da cidade ainda considerada fraca, o comércio amazonense deve esperar o recurso do 13° salário para dar sinais de recuperação. Como resultado, o pagamento deve ajudar a movimentar as vendas e abrir vagas de temporários, prática comum no fim do ano em razão do Natal. A estimativa de entidades ligadas ao setor é...


Empresários apostam em retomada

Manter as lojas abertas e alcançar crescimento nos resultados do comércio em relação ao ano anterior. Esse é o desafio de quem administra um empreendimento no segmento comercial amazonense. Em meio a um período de retomada no poder de compra do consumidor e na confiança do empresariado, comerciantes buscam manter a atratividade dos produtos e servi...


Varejo interrompe queda em 12 meses

O Amazonas apresentou em agosto deste ano, a maior queda de vendas no comércio varejista de todo o país. De acordo com dados levantados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgados nesta quarta-feira (11), o Estado apresentou recuo de -3,2% sobre o resultado de julho, enquanto a receita nominal teve variação de -2,7%. A q...


Centro vira paraíso do aluguel

A região central de Manaus é conhecida tradicionalmente por dois aspectos, seu contexto histórico e por abrigar a maior área comercial da capital. Mas o lugar que deveria movimentar o comércio local, tem sido espaço de imóveis vazios, e repleto de placas de aluga-se. De acordo como o José Roberto Tadros, presidente da Fecomércio-AM, na região ex...


Varejo evolui, mas não decola

O comércio varejista de Manaus apresentou variação positiva de 0,10% no índice de emprego na passagem de maio para junho, é o que aponta a Pesquisa Conjuntural de Desempenho do Comércio Varejista de Manaus, realizada pela Fecomércio (Federação do Comércio do Amazonas). A folha de pagamento também cresceu e registrou alta de 0,32% no sexto mês do an...


Volta ao passado no Centro

Os agricultores do interior do Estado representam maior parte da demanda dos estabelecimentos comerciais da área do entorno do porto da capital, no Centro. Materiais expostos ao chão, estrutura simples e ambiente sem refrigeração são características mantidas, há décadas, para atender ao perfil e chamar a atenção do consumidor. Segundo os empresário...


1 | 2