Manaus, 22 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Comer fora pesa mais em Manaus

Manaus é a cidade mais cara da Região Norte para almoçar fora de casa, revelou a pesquisa Preço Médio da Refeição, divulgada pela ABBT (Associação Brasileira das Empresas de Benefício ao Trabalhador). Segundo o levantamento, o preço médio da refeição na capital amazonense é de R$ 35,42. O valor está acima da média nacional (R$ 34,14). Com o resulta...


Cadastro Positivo facilitará acesso a crédito

O novo modelo de CP (Cadastro Positivo) poderá injetar R$ 15 bilhões na economia do Amazonas, segundo pesquisa da Serasa Experian a pedido da ANBC (Associação Nacional dos Bureaus de Crédito). O levantamento aponta que a medida possibilitará ainda o acesso ao crédito para um contingente adicional de 377 mil consumidores, além de promover uma reduçã...


Indústria amazonense busca novos mercados

Com o objetivo de divulgar os atrativos do PIM (Polo Industrial de Manaus) e estimular novos investidores, a Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), vem elaborando uma série de ações para estreitar o relacionamento com novos mercados. Um dos projetos em andamento é a construção de um plano comercial que contemple o âmbito internacional...


Polo Industrial aponta estabilidade

Mesmo com o aumento de 32,7% na produção industrial do Amazonas, em janeiro desse ano frente ao mesmo mês de 2017, o resultado considerado o melhor desempenho do país ainda não representa uma retomada do setor. Análises mostram que já existem as ferramentas necessárias para que isso ocorra ainda em 2018, mas depende de decisões políticas para dar m...


Por mais facilidades nos empréstimos

Garantias exigidas por bancos na hora de liberar linha de crédito, ainda são barreiras para pequenos e médios empresários, na hora de abrir a própria empresa. Empreendedores reclamam que nem sempre as instituições bancárias disponibilizam linhas de crédito adequadas à realidade dos empresários. Há 12 anos no setor de comércio e serviços, o empres...


Importação encarece alimentação no Amazonas

Em 12 meses, o preço médio da cesta básica em Manaus registrou a maior queda do país em fevereiro, apontou o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). Segundo os dados divulgados nesta terça-feira (6), a redução foi de 4,90%. Com retração anual de 42,46%, o feijão aliviou o bolso do consumidor manauara e influenc...


Maré é baixa com horizonte nublado

O aniversário de 51 anos da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) teve como uma das principais comemorações a divulgação dos Indicadores de Desempenho do Polo Industrial de Manaus (PIM), com dados informando acerca da real recuperação das indústrias que mantêm operações na cidade. Por ali, não foi só o crescimento do faturamento de 9,...


Faturamento não se reflete em empregos

A alta de 9,41% no faturamento do PIM (Polo Industrial de Manaus) em 2017, resultou em mais de R$ 81 bilhões comparados a receita de 2016. Apesar dos bons números, estes ainda não se refletem em novos postos de trabalho, mas resultam da reversão das expectativas de baixo crescimento, declínio das taxas de juros e câmbio relativamente estável, que p...


PIM ainda é referência de mercado

Marcando o início das atividades do Codam (Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas) em 2018, a primeira reunião ordinária do Conselho aprovou 26 projetos industriais que deverão ser implementados no PIM (Polo Industrial de Manaus) nos próximos três anos. Juntos, os projetos aprovados somam US$ 823 milhões com previsão de no pleno funciona...


Sustentabilidade atrai os mais ricos

O mercado de bicicletas deve crescer em 2018 com a expectativa de aumento do consumo pelo público de renda superior, que usa o produto mais como esporte do que como transporte ou instrumento de trabalho no dia a dia. Em janeiro deste ano, as indústrias de bicicletas localizadas no PIM (Polo Industrial de Manaus) produziram 52,2 mil unidades, o q...


9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19