Manaus, 16 de Julho de 2018
Siga o JCAM:

Bens de sócio sem poder de gestão devem ser protegidos

Desde o Código de Processo Civil de 1973, trilhava-se um caminho, sem maiores obstáculos, em busca de bens dos sócios da empresa devedora, por meio da desconsideração da personalidade jurídica. Bastaria a empresa não ter bens passíveis de constrição judicial (penhora) para responsabilizar o patrimônio dos sócios, inclusive aquele minoritário sem po...


O centenário de João Alves da Conceição

No próximo dia 24 de julho, João Alves da Conceição, se ainda fosse vivo, completaria 100 anos de idade. Nascido em Eirunepé, no rio Juruá em 1918, primogênito da numerosa prole de 14 filhos do patriarca da família, Francisco Aves da Conceição, conhecido como Chico Ferreira, que era português de nascimento e imigrou para a Amazônia atraído pelo cic...


Você é melhor que seu chefe, e agora?

Dia desses, eu estava lendo alguns comentários no Facebook por conta de um post referente a chefes despreparados (e maldosos) e me surpreendi não só pela quantidade deles, mas pelo conteúdo, que expressava uma série de torturas e sofrimentos. Em alguns segundos me vi na Idade Média e presa numa masmorra, sofrendo toda a sorte de malefícios e humilh...


BR-319, uma novela infindável

Para quem produz no Polo Industrial de Manaus, ler, debater ou mesmo ouvir sobre a conclusão dos trabalhos de recuperação da BR-319, estrada que liga Manaus a Porto Velho e por consequência, ao restante do país, é algo que entrou para os anais da história jornalística ou na pior das hipóteses, faz parte de um compêndio de contos de fada. O debate o...


Verão esquenta setor de sorvetes

Apesar da crise que tem afetado os diferentes setores da economia no Brasil, indústria de sorvetes no Amazonas tem mantido um bom desempenho na produção e vendas no mercado. O cenário tem proporcionado a manutenção de muitos postos de trabalho, e de acordo com representantes do setor, com a chegada do verão amazônico, a expectativa de crescimento n...


Um banho contra o calor

Houve uma época, até a década de 1970, que se refrescar do calor amazônico em Manaus era relativamente fácil. Nas cercanias, a cidade era repleta de 'banhos', como eram popularmente chamados os igarapés. Riachuelo, Balneário do 7, Tarumã, Ponte da Bolívia, Parque Dez, apenas para citar alguns, sem falar dos particulares, também em grande número. Ma...


Bons ventos para o varejo

Com temperaturas que facilmente ultrapassam os 30° e que em alguns dias chegam a insuportáveis 40° (e sensação térmica ainda maior), ventiladores e aparelhos de ares-condicionados deixaram de ser luxo e figuram como itens necessários para se viver bem no Amazonas e amenizar o calor do verão amazônico. As vendas desses itens são maiores em julho, um...


'Agora é hora de unidade'

Do alto de uma tribuna, seja no Congresso Nacional , onde viveu a sua vida parlamentar, ou na Câmara Municipal, onde participa anualmente da leitura da mensagem de Governo, ou ainda nos discursos em solenidades, Arthur Neto se caracterizou por ser um dos melhores oradores do seu tempo. Nesses quarenta anos de vida pública (comemorados sexta-feira ...


'O Estado deve repensar sua atuação'

Desafio permanente para o Amazonas, o desenvolvimento sustentável dificilmente vinga no Estado, uma das causas apontadas é o modelo ZFM (Zona Franca de Manaus) que tem a preservação da floresta usada como contrapartida para se manter funcionando. Titular da Sema (Secretaria Estadual do Meio Ambiente) e presidindo o Ipaam (Instituto de Proteção Ambi...


Insegurança limita expansão do comércio

A insegurança e a vulnerabilidade à violência dificultam a atividade comercial no Amazonas. Em muitos lugares, os empresários são obrigados a trabalhar em horários diferenciados, fechando mais cedo do que o expediente normal, e outras áreas, como partes da zona Leste, são consideradas zona de risco para a atividade comercial. No Dia do Comerci...


1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6