Manaus, 12 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Delícias da mesa do Tio Sam

Por: Evaldo Ferreira
16 Ago 2018, 17h23

Até o dia 17, sexta-feira, acontece no Restaurante Naia, no hotel Holiday Inn, no Distrito Industrial, somente no jantar, o American Festival, no qual um cardápio com 15 itens, apresenta o que há de melhor na culinária americana. Uma variedade de petiscos, hambúrgueres, sanduíches e pratos especiais.

Quando pensamos em gastronomia dos Estados Unidos, a primeira imagem que nos vem à cabeça é a de um hambúrguer bem grande, com cheddar e muito bacon. De fato, os Estados Unidos são os reis dos hambúrgueres e sabem fazer muito bem isso, mas a sua gastronomia vai mais além do que disso.

No American Festival o responsável pelo cardápio é o chef venezuelano Xavier Medina, que pesquisou bastante para saber quais os principais pratos consumidos no Tio Sam e escolheu os melhores. "E acho que acertei porque desde o começo do festival, segunda-feira, temos recebido vários americanos e eles têm elogiado as comidas. E na Venezuela comemos muito da comida típica americana", destacou Xavier.

Xavier Medina já tem experiência de oito anos à frente das cozinhas de grandes hotéis. "Comecei como assistente de cozinha no hotel Best West, em Maracaibo, e depois no Intercontinental, em Caracas. Depois fui fazer cursos no Intercontinental de Buenos Aires e voltei para o Best West como chef. Em setembro do ano passado, minha amiga Patrícia, aqui do Holiday Inn, que já havia trabalhado comigo na Venezuela, perguntou se eu queria vir para Manaus e, como todos sabem, a situação no meu país não está boa, então resolvi arriscar e estou muito satisfeito", contou.

Hambúrgueres, os mais pedidos

"Desde que cheguei, mudei o cardápio do Naia, acrescentando pratos italianos (semana passada aconteceu o Festival Italiano, no restaurante), mexicanos, japoneses e, lógico, mantendo a feijoada, a caldeirada de tambaqui, o vatapá. Fui a vários restaurantes de Manaus pesquisar o que mais os clientes solicitavam. Em setembro vamos mudar o cardápio do restaurante, acrescentando mais comidas amazônicas, sob novas formas, porém, sem perder a essência", adiantou.

"Aqui no American Festival os itens mais pedidos não poderiam ser outros: os hambúrgueres, que são a cara dos americanos. Coloquei cinco, o Bronx Burger, o American Burger, o Miami Burger, o New York Chicken, e o BBQ Hero Ribs, com preços que vão de R$ 30, a R$ 38. O mais solicitado tem sido o American Burger, de R$ 38. Ele leva 250 gramas de carne recheada de queijo parmesão, anéis de cebola, bacon, ovo frito, queijo cheddar, tomate, alface, champignon acompanhado de batatas fritas", descreveu.

"Outro hambúrguer que sai bastante é o Miami Burger (hambúrguer de frango crispy com queijo cheddar, tomate, cebola roxa, rúcula, bacon, queijo mussarela acompanhado com batatas fritas, R$ 32)", disse.

"Entre os petiscos, destaco o Buffalo Wings (asas de frango maceradas em páprica picante, manteiga, ketchup, pimenta do reino, molho inglês, molho de pimenta, vinagre branco passado na farinha de trigo, acompanhado de molho BBQ, R$ 30. Pelas pimentas, pode-se ver que é um prato para os fortes", riu.

"Já os pratos especiais são três: T-Bone Santa Fé, Black Prime Rib, e Costelas Suínas Saint Louis. O mais pedido tem sido o T-Bone (t-bone grelhado em molho holandês com guarnição de batata al plomo com creme azedo e salada de colestaw, R$ 66", revelou.

"Depois dos Estados Unidos, outros países serão homenageados no Naia através de sua culinária. Aguardem", adiantou. O Naia é o restaurante do hotel Holiday Inn, localizado na av. Rodrigo Otávio, 3721, no Distrito Industrial. Informações: 3182-0100.

Por dentro
A gastronomia americana compartilha de uma característica comum em países do continente americano, onde a cozinha nativa foi adaptada pelas influências externas, no caso americano, européia, mas também africana caribenha e a mexicana. Existem grandes centros urbanos nos Estados Unidos com características gastronômicas ainda mais fortes de acordo com a composição da população, como por exemplo, Nova York e os traços fortes da culinária judaica.

Uma parte importante na dieta americana e nos costumes alimentares é o vigoroso café da manhã formado geralmente por bacon, presunto, batatas e ovos. Neste mesmo café da manhã são muito comuns os doces dinamarqueses (danish) ou os pães judaicos (bagels). Muitas criações são genuinamente americanas e merecem destaque, como por exemplo, o fast food, variações exclusivas de pizza, torta de maçã, milk shake, barbecue e tantos outros. E a gastronomia do país apresenta evolução constante devido às diferentes levas de imigração recebida pelo país ao longo de séculos e ainda existente nos dias de hoje.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário