Manaus, 14 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Polo industrial vive gestão pós-crise

Por: Andréia Leite
14 Ago 2018, 09h55

Na celebração do Dia do Economista, comemorada ontem, 13, o presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon-AM), Francisco Mourão Júnior, destaca a importância do profissional e o papel do conselho no cenário econômico local.

Para Mourão o estado do Amazonas se encontra em uma recuperação econômica, pós-crise. O modelo ZFM responde aos estímulos da economia nacional, a confiança reflete diretamente na economia local.

A fabricação do modelo de consumo, como motos televisores, foram apontadas como protagonistas para uma economia estabilizada. "O consumidor se sente confiante em comprar. Há um reação lenta pelo fato da economia ainda se encontrar em alguns segmentos com pouco estímulo e o fantasma do desemprego continua", avaliou.

Mourão avaliou ainda sobre a importância e o papel do Corecon no processo de fiscalização e apoio profissional e na defesa das questòes econômicas do estado.

"O mercado é competitivo, buscar qualificação e saber aplicar a teoria econômica como ferramentas ajudam ajudam a gerar os efeitos necessários para o desenvolvimento profissional. O setor privado e público tem essa necessidade. Ela funciona para captação de recursos, mercado de novos produtos, políticas do governo, em prol do crescimento e desenvolvimento econômico do estado", pontuou.

Mercado de trabalho

No curso de Elaboração de Projetos de Incentivos Fiscais que ocorreu em julho, o Corecon destinou 10 bolsas aos economistas que estão fora do mercado de trabalho, por entender que o conselho precisa dar esse apoio e trabalhar essa inserção que afeta todas as áreas. Ficou definido que todos os meses um curso será disponibilizado a esse público.

Programação

Para comemorar a data, o Corecon realiza a Semana do Economista, uma semana de extensa programação que começou ontem, 13 e vai até dia 18 de agosto. Além da premiação do "Economista do Ano" e Café Econômico.

Mourão garantiu que a equipe está empenhada em realizar uma produtiva Semana do Economista com palestras e debates sobre assuntos da atualidade, com foco na retomada do crescimento econômico.

"Essa semana é um importante momento da categoria se unir e fortalecer, além de se aproximarem mais do conselho, debatendo temas para a retomada do crescimento econômico, dentro do cenário da economia mundial e regional", declarou o presidente do Corecon, Francisco Mourão Júnior.

No primeiro dia de programação aconteceu a palestra "Corrupção e seus efeitos sobre a dinâmica do crescimento econômico regional", ministrada pelo delegado federal Pablo Oliva, no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam).

Foi realizada ainda Uma Mesa Redonda das Mulheres, por meio da Oficina "Diálogo entre nós e sobre nós", na sede do Corecon.

Já no segundo dia da Semana (14/8), das 14h às 17h, será realizado o Curso e Matemática Financeira, ministrado pelo professor Eliraldo Abensur, também na própria sede do Conselho. A inscrição é gratuita, mediante a doação de uma lata de leite, a ser posteriormente entregue a entidades sociais do Estado. No terceiro dia (15/8), será realizada a Oficina sobre Criatividade, ministrada pelo professor Durval Braga, no mesmo local do curso do dia anterior.

Primeiro debate entre os candidatos

Na quinta-feira (16/8), quarto dia da Semana, acontecerão duas importantes atividades. Das 16h às 18h, haverá a apresentação dos planos de governo pelos candidatos ao Governo do Amazonas, com o apoio do Comitê de Combate à Corrupção Eleitoral e ao Caixa Dois nas Eleições, do qual o Corecon passou a fazer parte agora em 2018. Será o primeiro encontro dos candidatos no pleito deste ano, no auditório João Bosco, na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam). E à noite, às 20h, será realizada a tão esperada cerimônia em homenagem ao Dia do Economista e a premiação do Economista do Ano de 2018 ao economista, professor e reitor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Sylvio Puga, também nesse mesmo auditório da Aleam. Na ocasião, será apresentado ao público do Projeto Memória Viva Corevon, contando um pouco da história dessa tão importante entidade da classe dos economistas.

Uma Ação Social: consultoria em orçamento doméstico marcará o quinto dia da Semana (17), para os clientes do Sumaúma Park Shopping, localizado no bairro Cidade Nova, Zona Norte. E no dia 18, sábado, a Semana do Economista encerra-se com o 6º Café Econômico do Corecon, com a participação especial dos parlamentares economistas, no Instituto Amazônia, na rua Bernardo Ramos, no Centro.

Data

O Dia do Economista é comemorado em 13 de agosto, data em que foi publicada a Lei nº 1.411/1951, de normatização da profissão no Brasil. Para o presidente do Corecon, Francisco Mourão Júnior, essa Semana é um importante momento da categoria se unir e fortalecer, além de se aproximarem mais do Conselho, debatendo temas para a retomada do crescimento econômico, dentro do cenário da economia mundial e regional. "Profissionais que buscam formas, caminhos e alternativas de desenvolvimento, ajudando a construir uma sociedade mais justa e igualitária, na qual todos tenham acesso às condições básicas de inserção social", declarou ele, destacando o empenho em realizar uma produtiva Semana do Economista, com palestras e debates sobre assuntos da atualidade, com foco na economia, na ética e na cidadania.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário