Manaus, 19 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Dia dos Pais deve injetar cerca de 75 milhões na economia da capital

Crédito:Walter Mendes
A movimentação do comércio deve ficar aquecida com a chegada do Dia dos Pais, que este ano será no dia 12 de agosto. Dados divulgados pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus) apontam crescimento de 1,74% em relação ao ano anterior. O ticket médio de compras é de R$ 97,26. A receita bruta dos lojistas é estimada em R$ 74,600 milhões.

De acordo com o presidente da entidade Ralph Assayag, o comércio está otimista com as vendas. "Seguimos otimistas para que o movimento cresça uma vez que é nessa época que o consumidor começa a comprar mais por conta da primeira parcela do 13º salário, tivemos um bom primeiro semestre e esperamos continuar no mesmo ritmo", explicou.

O presidente da CDL disse ainda que o mês de julho sempre é mais ameno, com poucas vendas uma vez que muitas pessoas viajam nesse período. "Férias escolares sempre deixam o comércio mais frio porque os pais aproveitam para sair da cidade, os lojistas estão preparados para o baixo movimento, porém mesmo com instabilidade estão preparando promoções para atrair os clientes em agosto e já movimentar as lojas até o fim do ano", disse Assayag.

A pesquisa apontou que os filhos e demais consumidores vão comprar para presentear seus pais. No topo da lista estão os itens de vestuário (28,3%), seguido de calçados (18,3%), perfumes (10,9%), aparelho celular e smartphone (11,7%) e joias e relógios (8,2%). Os cinco itens também foram os mais citados na pesquisa do Dia dos Pais do ano passado.

Os pais, também, responderam aos questionamentos dizendo o que desejam ganhar no próximo dia 12 de agosto: 18,2% disseram que pretendem ganhar vestuário; 15,8% pretendem ganhar celular; 14,2% pretendem ganhar joias e relógios; 9% viagem/passeio; 8% esperam receber calçados/acessórios; 7,1% pretendem ganhar Ipod MP3 Player/MP4; e 7% perfumes e similares.

Compra e pagamento

Os entrevistados responderam, ainda, onde desejam comprar os presentes dos pais e a maioria disse que deve comprar nas lojas do Centro de Manaus (42,9%). Em seguida aparecem os shoppings (26,7%), as lojas de bairros (22,7%), e 1,7% devem fazer compras em lojas virtuais.

Segundo a CDL Manaus, os dados demonstram que o comércio tradicional da cidade, ainda é muito forte, e detém a preferência da maioria dos consumidores de Manaus. Fica evidente, também, o papel dos Shoppings que vem evoluindo como centro comercial dinâmico e, ainda, a participação dos comércios de bairros que é uma boa opção, também, para os consumidores.

Quanto a forma de pagamento, 30,4% disseram que vão pagar o presente com dinheiro, 23,2% pretendem utilizar o cartão de crédito, 16,2% o cartão das lojas, 11,4% optaram pelo cartão de débito, 11,2% no crediário ou carnê e 7,6% não sabem como vão pagar suas compras.

Consumidor

A pesquisa apresenta, também, que as mulheres estão mais dispostas a presentear seus pais. O número das que vão participar nas aquisições para este dia corresponde a 59,15%. Já os homens do total dos entrevistados somente 54,2% pretendem presentear seus pais.

Quanto à renda familiar destes consumidores a pesquisa da CDL Manaus apresenta que 23% tem renda entre R$ 1.1 mil a R$ 1.2 mil; 28% tem renda entre R% 1.2mil a R$ 2 mil; e 13,8% tem renda entre R$ 2.1 mil a R$ 3 mil.

Dos entrevistados quanto sua intenção de presentear alguém neste Dia dos Pais, 54,2% disseram que vão presentear o pai, 21,1% esposo, 5,9% filho, 4% a mãe e 2,6% avô.

Zonas

O indicador aponta ainda, a preferência dos consumidores de onde comprar os presentes para o dia 12. Na Zona Leste, 33,1% vão adquirir vestuários; seguido de calçados, cintos e porta cédulas (16,6%); Celular (9,4%); Perfumes e similares (10,6%); e joias e relógios (9,7%). Os moradores da Zona Oeste, também optaram por vestuário (36,3%); logo depois, calçados, cintos e porta cédulas (16%); Celular (11,8%); Perfumes e similares (11,8%); e joias e relógios (6,6%). Na Zona Sul da capital, a preferência por parte dos que pretendem presentear permaneceu com vestuário na frente (24%); seguido de calçados, cintos e porta cédulas (12,6%); Celular (13,4%); Perfumes e similares (11%); e joias e relógios (8,4%). Por fim, a Zonas Centro Oeste de Manaus, também optou pelos mesmos itens, no entanto, com percentuais diferentes; vestuário (19,1%); calçados, cintos e porta cédulas (15,4%); Celular (14,5%); Perfumes e similares (13,9%); e joias e relógios (5,1%).

Para acessar o link da fonte original clique aqui

Comentários (1)

  • mimico netto26/07/2018

    Para o bem dos comerciantes, as entidades envolvidas já deveriam colocar em evidência,o DIA DOS AVÓS, 26 de março nos próximos anos.

Deixe seu Comentário