Manaus, 19 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Programa regional de móveis escolares conveniou quase R$ 5 milhões no AM

Por: Da Redação com informações da assessoria
21 Jul 2018, 09h54

Crédito:Divulgação/Assessoria
O Programa de Regionalização dos Mobiliários Escolares (Promove), executado pela Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), conveniou R$ 4,98 milhões, só neste ano, um recorde, se comparado aos anos anteriores. O programa beneficia mais de 3 mil produtores, direta e indiretamente, gerando renda em 22 municípios do Estado.

A legislação que oficializou o programa foi publicada em 2005 e, atualmente, contribui para que inúmeras cooperativas realizem a produção de móveis escolares de qualidade e preço reduzido, às escolas do Estado. A ação surgiu com a necessidade de se substituir as carteiras escolares da rede estadual de ensino que eram fabricadas com plástico, alumínio e outros materiais trazidos de outros estados brasileiros para a Região Norte.

De acordo com a ADS, a iniciativa tem atuação de mais de 50 entidades, entre associações e cooperativas. O Promove incentiva o desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Amazonas. Cooperativas, micro empresas e associações de moveleiros, prioritariamente localizadas no interior do Estado, estão recebendo incentivos para a fabricação dos mobiliários escolares, tendo como matéria-prima a madeira oriunda dos Planos de Manejo Florestais Simplificados.

Segundo a diretora técnica da ADS, Aldira Pontes, os benefícios decorrentes desse Programa já despontam sob a forma de novos empregos, elevação do nível de renda, agregação de valor aos produtos florestais e a especialização de mão de obra nas áreas contempladas. "Em 2018, o programa recebeu reforço com mais técnicos para auxiliar os produtores na dinamização da produção", disse.

Mobiliários

Os mobiliários produzidos por intermédio do Promove são de altíssima qualidade e chamam a atenção pelo design padronizado e diferenciado. São feitos de madeira de lei e recobertos com pequenas chapas de MDF, tem durabilidade maior e são legalizadas e licenciadas pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam).

Os móveis que são confeccionados para uso das escolas da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) são: quadros brancos, armários, mesa de refeitório e escritório, mesa para computador e bancos para laboratórios.

Nova parceria

Em junho passado, a Agência anunciou que o Promove será expandido para atender as unidades da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), na capital e no interior do Estado.

Aldira Pontes afirmou que com esta parceria, será possível impulsionar outras atividades dentro do Promove, como aumentar a regularização, o licenciamento de novas movelarias no interior e fortalecimento dos planos de manejo de pequena escala.

"Estamos buscando novas parcerias com instituições acadêmicas para a implementação do Promove e pensando no aumento da geração de emprego e renda no setor florestal. Com isso, movimentamos a economia do setor primário em todo o Estado", concluiu.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário