Manaus, 14 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Liliane Araújo lança pré-candidatura à estadual com foco em Políticas Públicas para Mulheres

Por: Da Redação com informações da assessoria
17 Jul 2018, 11h29

Crédito:Heuder Arruda
A jornalista Liliane Araújo lançou nesta segunda-feira, 16, a sua pré-candidatura à deputada estadual, tendo como prioridades propostas voltadas à implementação das diretrizes do Plano Nacional de Políticas para as Mulheres, no Amazonas. Diferente das outras pré-campanhas, Liliane decidiu lançar sua pré-candidatura de forma digital, pelas redes sociais, ganhando grande adesão dos internautas.

"Decidimos usar as redes sociais para lançar minha pré-candidatura à deputada estadual por entender que a nossa campanha será ideológica, voltada a ideias, à melhoria da vida da mulher, do cidadão, em todos os gêneros. Não usaremos verbas milionárias, trabalharemos com propostas voltadas ao que for melhor para o Amazonas", disse a jornalista.

Ela destacou, também, que no segmento das mulheres, ainda, existe grande resistência do Poder Público para fazer valer as diretrizes do Plano Nacional de Políticas para as Mulheres, lançado em 2013. "Apesar de existir há cinco anos, grande parte das ações do plano ainda é uma utopia em nosso Estado. Na Assembleia Legislativa do Estado (ALE), queremos fazer valer essas políticas públicas", afirmou.

Liliane relembrou que os problemas enfrentados pelas mulheres e cidadãos de qualquer gênero continuam sendo os mesmos de décadas: saúde pública que não funciona, segurança ineficiente, educação com baixa qualidade e um Estado que não gera emprego e renda.

"Caso a vontade das pessoas seja que eu as represente na Assembleia Legislativa do Estado, vou cobrar do Poder Público adesão ao Plano Nacional de Políticas para as Mulheres e fiscalizar a gestão pública para que funcione para todos, sem apadrinhamentos", assegurou a jornalista.

Propostas

A pré-candidata vai lançar nos próximos dias uma cartilha digital com suas principais propostas para o público feminino, tendo como definição dez pontos a serem trabalhados. O primeiro é a criação do Fórum Comunitário de Defesa dos Direitos das Mulheres, que propõe a criação de fóruns de debates nos bairros da capital e interior do Amazonas, com o objetivo de garantir a coleta de demandas específicas do gênero para intermediá-las junto ao Poder Público.

Em seguida, apresentará a propostas de Promoção da Saúde da Mulher para tomar medidas preventivas para evitar doenças ginecológicas e obstétricas de média e alta complexidade, como a implantação do Serviço Móvel de Atendimento à Mulher (SEMAM), nos municípios do interior, a exemplo do atendimento que é realizado na capital, além de garantir medicamentos para tratamentos específicos.

"Também estou propondo a Implantação do Núcleo de Segurança da Mulher, que elabora um projeto em conjunto entre as polícias Civil e Militar e Ministério Público para acelerar o andamento de denúncia de violência, além da formação do Grupo Intermunicipal de Direitos da Mulher Indígena", aponta a pré-candidata.

Outras Propostas

Conforme Liliane Araújo, inserir as mulheres em faculdades e lutar pela alfabetização de mulheres adultas, que perderam a oportunidade nos estudos, também será prioridade. A criação de mais creches na capital e no interior igualmente ajudarão as mães a desempenharem suas atividades fora do lar, colocando mais mulheres no mercado de trabalho. Também terão projetos voltados à prevenção e tratamento de mulheres dependentes químicas e no apoio as que enfrentam algum tipo de deficiência. Liliane alega que "representar o povo é o maior desafio da sua vida". A cartilha estará disponível na plataforma digital, nas redes sociais da jornalista.

Vida Pública

A coordenadora do PSD Mulher relembrou sua trajetória na vida pública. "Como Secretária Executiva do Fundo de Promoção Social tive o privilégio de trabalhar pelas causas sociais do Amazonas e ajudar a melhorar e ampliar as atividades desenvolvidas junto as Organizações da Sociedade Civil e suas relações de parceria com o Estado", indicou.

Também atuou nos programas de incentivo e fomento ao setor primário onde Associações e Cooperativas foram beneficiadas com investimentos em implementos agrícolas. Outro destaque é para o programa Crédito Solidário que viabiliza financiamentos para microempreendedores no Amazonas. "Uma experiência que acumulo no currículo e que pretendo dar continuidade, agora no parlamento estadual", concluiu Liliane.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário