Manaus, 19 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Multidão disputa vaga no PIM

Por: Antonio Parente - aparente@jcam.com.br
28 Jun 2018, 19h39

Crédito:César Pinheiro
Após o anúncio de retorno de suas atividades ao PIM (Polo Industrial de Manaus), a empresa Gradiente, abriu na manhã de ontem (28), os portões para recebimento de currículos para postos de trabalho nas áreas de produção, manutenção predial e administração.

Desde às 7h da manhã até as 17h, centenas de pessoas faziam fila ao redor da empresa na esperança de ter seus currículos selecionados para as possíveis vagas de trabalho.

Há 4 anos desempregado, o pedreiro Claudionor Pereira, 35, descobriu a notícia por meio de divulgação nas redes sociais, e após enfrentar 2 horas de filas conseguiu deixar na portaria o currículo na esperança de ser selecionado.
"As coisas na cidade não estão fáceis, as contas vem chegando e tenho sobrevivido de bicos. Espero que seja selecionado, e vejo que existem muitas pessoas que estão na mesma esperança que eu", disse.

Após 3 horas enfrentando uma fila no calor da tarde, a estudante Amanda Evelim, 21, que está desempregada a 1 ano, conseguiu deixar seu currículo e expressou toda sua indignação com a atual situação do país, e a omissão dos deputados e senadores em defender os interesses da ZFM (Zona Franca de Manaus). "Fico muito animada com a possibilidade de conseguir uma vaga de trabalho, porque realmente não está fácil. A cada dia vemos os políticos que deveriam nos representar sendo omissos com a situação do desemprego, não vejo atitudes de nossos deputados em trazer mais empresas para Manaus para gerar mais emprego, espero que a população saiba escolher melhor nas eleições deste ano", disse. Em visita à Aleam (Assembleia Legislativa do Amazonas), o presidente da empresa Ricardo Emile Staub, disse que a empresa retornará as operações em Manaus, a partir do segundo semestre deste ano, com a expectativa de gerar 200 postos de trabalho, com uma fábrica de painéis solares.

Para o economista Ailson Rezende, o retorno da empresa de eletroeletrônico será fundamental para fortalecer o Polo Industrial de Manaus devido às boas parcerias que ela possui. "A Gradiente faz parte do grupo Staub. Com know how e boas parcerias. O retorno desta empresa será excelente, principalmente com o efeito de demonstração das vantagens fiscais do Polo Industrial de Manaus. Ainda tem os empregos que serão gerados. Promovendo renda e benefícios aos seus empregados", disse.


Voz nas ruas

"Nossos governantes poderiam investir mais na educação e cursos técnicos para qualificar as pessoas que estão em busca de oportunidade de trabalho. Na situação que o país está, muitas pessoas não tem condições de pagar um curso"

Ewerthon Luiz, 23 - desempregado há um ano

"Temos uma Zona Franca tão cheio de oportunidades, nossos políticos poderiam trazer mais empresas para gerar emprego para a população"

Keity Rodrigues, 32 - desempregada há quatro anos

"Nossa cidade é muito carente de cursos técnico para qualificar o cidadão. Com isso as empresas não dão oportunidade para quem busca o primeiro emprego"

Luciana da Silva, 32 - desempregada há seis anos

"Tenho sobrevivido de bico e tenho família e filho. Espero que a oportunidade surja, pois tenho muita experiência na área de produção, e nesse período parado tenho buscado fazer outros cursos para me qualificar"

Geovane Freire, 32 - desempregado há quatro anos

Comentários (0)

Deixe seu Comentário