Manaus, 20 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Espaço promove acesso à cultura e informação e gera expectativa entre a população de Maués

Por: Da Redação com informações da assessoria
28 Jun 2018, 15h47

Crédito:Divulgação/Assessoria
Telas de notebook que são janelas para o mundo. Sons, imagens e letras que contam histórias e satisfazem a curiosidade. Tudo isso é novidade para a estudante Ivellyne Pereira, de 13 anos. Até conhecer o Complexo de Arte e Educação Fábrica de Ideias, inaugurado no último sábado (23), a jovem de Maués, a 268 quilômetros de Manaus, nunca tinha entrado em uma biblioteca. "Achei o espaço bem interessante! Eu nunca tinha entrado em uma biblioteca antes. Agora, vou ter acesso a todos esses livros que, com certeza, vão me ajudar a tirar boas notas na escola", diz com empolgação.

O local é especial, não apenas por abrir um canal de conhecimento entre a população da Terra do Guaraná e o mundo, mas por ser o primeiro no interior do Estado do Amazonas com a proposta de promover a educação de crianças e jovens através da cultura e da arte, e por abrigar a maior biblioteca digital fora da capital, com acervo de mais de 1,3 milhão de itens entre livros, imagens, mapas e vasto material de pesquisa acadêmica.

Além disso, o complexo está localizado no endereço da antiga Biblioteca Almir Gomes de Almeida, na rua Boa Vista, bairro Ramalho Júnior, que agora é guardada com nostalgia na memória de mauesenses como a cantora Karine Aguiar, que atualmente mora em São Paulo onde faz doutorado em musicologia, de passagem pela cidade visitou o local. "Eu achei fantástica a ideia de revitalizar a [antiga] biblioteca que frequentei em outros tempos. Com esse novo formato, com acesso à internet, o espaço vai contribuir muito para o desenvolvimento cultural e intelectual da cidade. E, realmente, Maués merecia há muito tempo um espaço como esse. A gestão está de parabéns", avalia.

O imóvel foi revitalizado pela Prefeitura de Maués com recursos próprios e agora dispõe de intranet, dez baias com notebooks, mesas, pufes e salas para cursos. O acervo da biblioteca digital e os violões que serão usados nas aulas de música, foram garantidos pelo Executivo Municipal através de um convênio com a Secretaria de Estado de Cultura (SEC-AM). Com a nova estrutura, a capacidade de atendimento ao público foi triplicada e agora pode chegar a dois mil por mês.

"A gestão do prefeito Júnior Leite está inovando trazendo a biblioteca digital para o município, que é muito mais efetiva, atualizada e atraente para os jovens, pois estão mais acostumados com a tecnologia", comemora a secretária municipal de cultura e turismo, Ellen Mendonça.

Outro artista ilustre da Terra do Guaraná, o cantor Barrô, também aprovou a criação do complexo. "Achei o local maravilhoso! Maués estava precisando dessa inovação tecnológica. Quem ganha com isso é a nossa população, as nossas crianças, o nosso povo, assim como as pessoas que vêm de fora para conhecer a nossa cultura e a nossa história. Estão todos de parabéns", elogia.

A possibilidade de um futuro melhor através do conhecimento e da cultura também enche de esperança a estudante Camile Rackel Barbosa, de 15 anos, que cursa o primeiro ano do Ensino Médio em uma escola estadual da cidade. Ela tem a expectativa de a Fábrica de Ideias impacte positivamente os jovens de Maués. "Acho que o espaço vai mudar a situação dos jovens de Maués que estão no mundo das drogas, porque vai atraí-los e, quando eles virem que tem novidade na cidade, vão ficar curiosos e querer saber o que tem aqui", avalia.

Quem vai ao complexo tem acesso gratuito a espaço individualizado e coletivo de estudos e pesquisa, área para palestras, leitura e contação de histórias. "O aluno que vem ao local recebe uma senha para usar o sistema apenas para pesquisa, pois a rede interna não dá acesso a redes sociais e outros sites. Todo o acervo de livros acadêmicos, paradidáticos, infantis, títulos amazônicos e clássicos está à disposição do público, que são alunos da rede municipal e estadual de ensino, universitários e até crianças", explica Ellen.

Em breve, serão realizados os primeiros cursos de violão e iniciação musical. "A Fábrica de Ideias será um local de convergência de crianças e jovens até no espaço externo, pois agora temos ao lado do prédio uma pracinha revitalizada, com iluminação em led e mobiliário de concreto e, em breve, a parede externa do prédio receberá uma pintura em grafite. Tudo isso impactará de forma positiva a população de Maués, principalmente os jovens", completa a secretária.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário