Manaus, 21 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Vinho, agora pelo celular

Por: Evaldo Ferreira - eferreira@jcam.com.br
29 Mai 2018, 19h25

Crédito:Walter Mendes
Quem gosta de tomar um gostoso vinho no conforto de sua casa agora conta com um novo serviço: pedir a bebida dos deuses pelo celular. Desde o mês passado a Bacozon (Baco, do deus do vinho; e zon, de Amazônia) lançou uma loja exclusivamente virtual com atendimento e-commerce para toda Manaus, a Bacozon.com.

"Nossos rótulos, por enquanto, são todos de Portugal, selecionados e exclusivos, com uma linha gourmet", falou Dayane Casal, diretora da Bacozon.

Dayane é neta de portugueses, de Aveiros, médica veterinária por formação, especializada em maturação de carne, mas enófila por herança de família, "enófila nos dois sentidos, porque sempre gostei de vinhos, e agora porque os estou comercializando", explicou. "Na realidade, até há sete anos, eu nunca havia bebido vinho. Eu gostava de sentir o aroma da bebida. Assim fui desenvolvendo, ainda que sem saber, um talento, um conhecimento, uma habilidade, para distinguir este daquele vinho pelo aroma", disse. "O que pesou na escolha de montar a Bacozon foi ter adquirido esse conhecimento sobre vinhos, mas principalmente o fato de verificar que, a cada dia, as pessoas aqui no Brasil estão consumindo mais vinhos, e a parcela maior desses consumidores é, comprovadamente, feminina", afirmou.

"O vinho já foi uma bebida elitizada, mas hoje não é mais. Existem muitos rótulos, de excelente qualidade, custando até menos de R$ 100. O que acontece é que as pessoas que buscam ter mais cultura, procuram também beber vinho, porque o vinho é uma bebida de qualidade por excelência", ensinou.

De várias regiões portuguesas

Para selecionar os produtos para a Bacozon, Dayane visitou diversas adegas em Portugal, nas regiões de D'Ouro, Bairrada, Dão, Vinhos Verdes, Alentejo, entre outras, e selecionou rótulos exclusivos para Manaus, só existentes em sua loja. "Na Bacozon o respeito ao bom gosto do cliente está acima de tudo", garantiu. "Quando resolvi abrir o e-commerce, foi de olho nesse novo segmento do comércio, facilitador da vida das pessoas, muitas vezes ocupadas e sem tempo para ir a uma loja escolher seu vinho preferido.

Na nossa loja virtual o cliente tem acesso a todos os nossos produtos (além dos vinhos, chocolates e sucos), com o máximo de informações possíveis e, se ainda assim, tiver alguma dúvida, pode consultar o Baco, nosso assistente virtual e o informativo Baco News. Basta digitar a sua dúvida, e a resposta virá em seguida. Estamos trazendo uma experiência nova para os enólogos manauaras: pedir seu vinho pelo celular", informou.

Atualmente o armazém da Bacozon abriga cerca de doze mil garrafas de 15 rótulos de vinhos, mais chocolates Caffarel, fabricados em Luserna San Giovanni, região de Piemonte, na Itália (Cafferel é a primeira fábrica de chocolate do mundo, fundada em 1826), e uma linha de sucos naturais da Vistamontes, sem açúcar, água ou conservantes, fabricados no Vale do Vinhedo, em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul.

"Nossos produtos vêm direto do produtor para o nosso armazém, e não cobramos frete do cliente. A entrega, atualmente para toda a cidade de Manaus, é feita num prazo de 24 horas, em dias úteis, mas estamos projetando a entrega para a Região Metropolitana, depois o Amazonas e, finalmente, a Região Norte", adiantou.

"Nossa meta é ser a maior empresa de e-commerce, do segmento de vinhos, do Norte brasileiro", concluiu.

O brasileiro e o vinho

Dados divulgados pela Wine Inteligence's Brazil Landcapes 2017 mostram que o mercado de consumidores de vinho no Brasil saltou de 22 para 30 milhões. Embora ainda muito longe de alcançar o consumo dos vizinhos chilenos e argentinos, que consomem 17.46 litros e 23.46 litros respectivamente, o volume de consumo aqui no Brasil já chega a dois litros por pessoa no ano, com incremento de 15,85% entre 2014 e 2016 na compra de vinhos brasileiro. A informação é do Ibravin (Instituto Brasileiro de Vinho).

Alguns dos vinhos

Vinho Tinto Quinta dos Poços Grande Reserva 2014
Combina na perfeição com boas carnes, caça e queijos de carácter e intensos. Abrir com 1 hora de antecedência e servir à temperatura de 17°C.

Vinho Tinto Quinta do Soque Vinhas Velhas 2015
É um vinho intenso e elegante, ideal para acompanhar carnes vermelhas, caça grossa e queijos intensos. Deve ser aberto 1 a 2 horas antes de servir. Temperatura ideal de consumo 17°C.

Vinho Tinto Quinta dos Poços MGXXI 2014
Combina na perfeição com boas carnes, caça e queijos de carácter e intensos. Abrir 1 hora antes de servir. Servir à temperatura de 17°C.

Comentários (1)

  • Edson Vieira30/05/2018

    O principal vc não postou.....Os preços

Deixe seu Comentário