Manaus, 21 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Prazo para contribuição sindical rural encerra no dia 22 de maio

Por: Da Redação com informações da assessoria
18 Mai 2018, 16h35

Crédito:Walter Mendes
Produtores rurais amazonenses têm até a próxima terça-feira (22) para efetuar o pagamento da contribuição sindical rural - pessoa física junto à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O valor é arrecadado anualmente como forma de garantir direitos e benefícios aos produtores rurais de todo País.

Ao realizar o pagamento, o contribuinte tem acesso a diversos benefícios como declarações gratuitas do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR), do Cadastro Ambiental Rural (CAR), orientações sobre a Declaração de aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) e sobre a aposentadoria rural.

Amazonas

Parte da quantia arrecadada é repassada para as 27 federações patronais rurais que integram a Confederação, entre elas, a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (FAEA).

De acordo com o presidente da FAEA, Muni Lourenço, os recursos recolhidos fortalecem a representatividade da classe rural e defesa dos interesses do setor agropecuário amazonense junto às autoridades públicas e órgãos constituídos.

Além dos benefícios em âmbito nacional, os produtores rurais do Estado têm acesso, via Federação, a serviços diversos, como a qualificação de mão de obra especializada no meio rural, com cursos e treinamentos voltados para qualificação profissional e promoção social.

Apenas em 2017, aproximadamente dois mil produtores foram qualificados no Estado. Apoio tecnológico e assessorias técnicas e jurídicas também estão disponíveis para apoiar o setor agropecuário.

Representatividade

Além dos serviços, a federação oferece resultados práticos aos seus contribuintes, tendo, em 2017, alcançando importantes conquistas, como a aprovação, junto a outros órgãos do setor, da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do setor primário que elevou para 3% o orçamento anual do Amazonas a ser direcionado ao setor rural.

Outra conquista foi o reconhecimento do Amazonas como área livre de febre aftosa por vacinação, o que representa valorização para atividade agropecuária e a criação do Fundo de Defesa Agropecuária do Estado do Amazonas (Fundepec-AM) garantindo ao produtor mais segurança para seus rebanhos em caso de febre aftosa.

Como contribuir

A contribuição é recolhida pela própria CNA. O produtor rural (pessoa física) que não tenha recebido o boleto para pagamento em seu endereço residencial pode acessar o site da Confederação (www.cna.org.br), acessar a aba 'serviços para o produtor' no final da página e clicar em '2ª via da contribuição sindical'. Em seguida, basta emitir o boleto e efetuar o pagamento.

A Contribuição Sindical Rural

A Contribuição Sindical Rural existe desde 1943 e é direcionada a todos os produtores rurais, pessoa física ou jurídica conforme estabelece o decreto lei 1.166, de 15 de abril de 1971, com a redação dada pelo artigo 5º da lei 9.701, de 18 de novembro de 1998.


SERVIÇO:

O QUE É?

Pagamento da Contribuição Sindical Rural - Pessoa Física

QUANDO?

Até 22 de maio

ONDE?

Pelo site: www.cna.org.br

Comentários (0)

Deixe seu Comentário