Manaus, 16 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Manaus com sinal digital

Por: Evaldo Ferreira - eferreira@jcam.com.br
06 Fev 2018, 21h17

Crédito:Divulgação
Em coletiva para a imprensa realizada na manhã de ontem, no Hotel Da Vinci, a EAD Seja Digital (Empresa Administradora da Digitalização de Canais de TV e RTV) oficializou a data de 30 de maio de 2018 para o desligamento do sinal analógico, com substituição imediata pelo sinal digital em Manaus, Iranduba e Careiro da Várzea.

"A partir dessa data a programação dos canais abertos de televisão será transmitida apenas pelo sinal digital, com imagem e som de cinema", falou Antonio Metelletto, presidente da Seja Digital. A migração do sinal analógico de TV para o sinal digital representa um grande avanço tecnológico e coloca o Brasil no mesmo patamar de países como Estados Unidos e Reino Unido. "Ao ser desligado, o sinal analógico de TV vai liberar a faixa de radiofrequência dos 700 Mhz e permitir que as operadoras de telefonia móvel possam ativar a tecnologia 4G, que é mais veloz, tem melhor qualidade, e maior cobertura, inclusive em ambientes fechados", afirmou.

A história da TV digital começou ainda na década de 1970, quando a rede pública de TV japonesa NHK e um consórcio de cem estações comerciais, autorizaram cientistas da NHK Science & Technical Research Laboratories a desenvolverem um sistema de alta definição nas imagens das TVs, que seria denominado de HDTV. Somente em 2 de dezembro de 2007 a TV digital chegou ao Brasil, em São Paulo, e desde então vem sendo implantada por todo o país. Em 2016 Brasília e mais onze cidades tiveram a cobertura total do sinal digital. Em 2017 foram mais 295 municípios. Esse ano, Manaus e outros 1040 municípios também terão essa cobertura e até 2023, totalizarão 4.224 municípios brasileiros. Em Manaus 591,7 mil residências passarão a receber o sinal. Residências que possuem TV a cabo e antenas parabólicas já recebem o sinal digital. A mudança de sinais valerá apenas para quem tem TVs de tubo fabricadas antes de 2010, e mesmo as finas, que não possuam o conversor. "98% dos lares brasileiros possuem ao menos um aparelho de TV e a maioria não tem TV a cabo e nem parabólica. É principalmente junto a esse público que a Seja Digital atua", explicou.

240 mil kits em dois meses
Para informar e preparar a população, a estratégia da Seja Digital é implementar campanhas e ações que mantenham a entidade muito próxima das comunidades menos digitalizadas em cada uma das cidades. "O processo acontecerá de maneira semelhante ao que fizemos em mais de 300 cidades brasileiras", disse Patrícia Abreu, diretora de comunicação da Seja Digital.

Uma das responsabilidades da empresa é fazer a distribuição gratuita dos kits (uma antena, um conversor e um controle remoto) para as populações de baixa renda. "Além da campanha com filmes na TV e na internet, teremos peças de comunicação por toda a região e equipes atuando em locais estratégicos para abordar a população e orientar sobre a instalação da antena, do conversor e como fazer o agendamento para retirar o kit gratuito", completou Patrícia.

Serão distribuídos 240 mil kits em Manaus, Iranduba e Careiro da Várzea, para famílias participantes de programas sociais do Governo Federal, que devem se inscrever no site www.sejadigital.com.br, ou ligar para o 147, com o número do NIS (Número de Identificação Social) nas mãos, agendar e retirar seu kit. "O agendamento em Manaus, no Iranduba e no Careiro da Várzea começou desde ontem", falou Martelletto. "Em muitas cidades estava acontecendo de as pessoas pegarem o kit e, por descaso, ou por não saber instalar, acabavam deixando-o de lado, então agora estamos fazendo um acompanhamento para verificar se os kits estão sendo instalados. Para isso agora realizamos sorteios quinzenais de 25 cartões no valor de R$ 2 mil", lembrou.

"Pretendemos, em até dois meses, ter entregue todos os 240 mil kits nessa região e, para que não haja filas, não haverá um local específico para essa entrega. Nós entraremos em contato com as pessoas que tiverem feito o agendamento pelo site ou pelo telefone, e elas deverão escolher dia, horário e local para a retirada do kit", garantiu.

Sinal digital para todos

A Seja Digital é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com o cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018. Seu mascote é o Digital.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário