Manaus, 25 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

O momento mais esperado do Natal

Por: Evaldo Ferreira - eferreira@jcam.com.br
21 Dez 2017, 16h08

Crédito:Walter Mendes
Existem dois momentos que, com certeza, são os mais esperados no Natal: a hora de receber o presente, principalmente quando se é criança, e a ceia, este, também com certeza, o grande momento para 100% das pessoas. Quem prepara a ceia sabe a trabalheira que dá. É peru, farofa, salpicão, chester, tender, lombo, pernil, rabanada, bolinhos de bacalhau (estes dois, herança portuguesa) salada, nozes, uvas, garrafas de vinho, champanhe.

Há quatro anos o chef Mateus Souza Lima tem essa trabalheira, mas não reclama nem um pouco. "É o período que trabalho mais, mas que faturo bem mais também", riu.

Com as redes sociais a todo vapor, Mateus apenas divulga que já deu a largada para a preparação das ceias e os pedidos começam a chegar. "Só no instagram tenho 15 mil seguidores e é dentre eles que surgem os clientes. Desde que comecei a prestar esse serviço, a cada ano o número de pedidos tem aumentado. Esse ano, então, estou batendo o recorde", comemorou.

O cardápio preparado por Mateus tem 27 itens, constando itens tanto para o Natal quanto para o Ano Novo. "E se o cliente deseja algum prato em especial, é só solicitar, que atendemos. Antigamente quem preparava essas comidas eram as avós, as tias, as mães, mas os tempos mudam e as avós, as tias e as mães de hoje, ou não tem talento para a culinária, ou não querem perder tempo na cozinha, preferindo se arrumar para a festa, então é mais fácil pedir a ceia pronta, sem falar que cada vez surge um maior número de pessoas dispostas a prestar esse serviço", explicou.

Vendidos a quilo

Por enquanto o trabalho de Mateus tem sido apenas anotar os pedidos. Trabalho grande ele vai ter mesmo no dia 24. "Sim porque o pre-preparo é feito no dia 23, mas preparar, só no dia 24, e ainda tem as entregas. Até o ano passado eu fiz as entregas, mas esse ano os clientes vão ter que vir pegar aqui na minha cozinha, porque eu não vou ter condições de entregar a grande quantidade de pedidos", falou.
E quem pensa que Mateus, como Papai Noel, tem uma equipe de duendes o ajudando, engana-se. Ele conta apenas com um fiel assistente.

"E damos conta porque já estamos acostumados com esse tipo de trabalho durante o ano inteiro", garantiu.
Todos os itens do cardápio de Mateus são vendidos a quilo. O mais barato é o 'Chester ao vinho branco' (R$ 65, o quilo) e os mais caros são o 'Bacalhau à portuguesa', o 'Bacalhau gratinado' e o 'Filé ao molho de vinho' (R$ 110, o quilo).

E ainda tem os acompanhamentos. Os mais baratos são o 'Arroz de festa', o 'Arroz à grega' e o 'Arroz primavera' (R$ 35, o quilo) e o mais caro é a 'Salada de bacalhau com bacon' (R$ 90, o quilo).
Entre os itens, destacam-se o famoso 'Peru recheado com farofa', 'Tender assado com mel e laranja', 'Lombo com batata assada com ervas', e 'Pernil ao molho cítrico'.
Como acompanhamento, arroz, farofa, salpicão, quiche e salada.
Mateus está aceitando pedidos até a grande data do nascimento de Jesus, e os mais apressados já estão encomendando a ceia de Ano Novo.

O cardápio com os valores podem ser solicitados pelo instagram: @chefmateuslina, face: chef mateus lima, e-mail: chefmateuslima@gmail.com, ou pelo fone: (92) 9 9136-2004.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário