Manaus, 16 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Trabalhadores pretendem realizar uma grande mobilização no centro de Manaus

Por: Da Redação com informações da assessoria
09 Nov 2017, 15h22

Crédito:Divulgação
O Dia Nacional de Lutas, Mobilizações e Paralisações contra as reformas do governo Temer, programado para esta sexta-feira (10), deve ser marcado por forte manifestação dos trabalhadores em todo o país. Em Manaus, o ato unificado das centrais sindicais e movimentos sociais está agendado para as 16h, com concentração na Praça da Polícia, no Centro, de onde sairão em caminhada rumo à Avenida Eduardo Ribeiro.

A manifestação vai reunir professores sindicalizados da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Amazonas (ADUA), profissionais de outras categorias e ainda integrantes de aproximadamente 40 entidades que já estão em mobilização contra a política nefasta do governo Temer de intensificação da retirada de direitos.

O ato ocorrerá na véspera na entrada em vigor da Reforma Trabalhista (Lei nº 13.467/2017), um dos itens da agenda regressiva questionada pelos trabalhadores e integrantes de movimentos sociais. A classe trabalhadora reforça que a Reforma Trabalhista fragiliza as relações de trabalho, retira direitos e amplia as desvantagens para o trabalhador.

Os manifestantes reivindicam ainda a revogação da Emenda Constitucional (EC) 95/17, que congela por 20 anos os investimentos públicos, e reforçam o posicionamento contra a Reforma da Previdência, o Programa de Desligamento Voluntário (PDV) e também os ataques diretos à Educação.

Ato Unificado
A manifestação vem sendo planejada desde outubro e as estratégias para a realizado do ato unificado definidas em duas reuniões ampliadas realizadas nos dias 1º e 7 deste mês, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos. Além da CSP-Conlutas, integram a mobilização contra o "pacote de maldades" do governo a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Nova Central Sindical, bem como entidades que compõem a Frente de Lutas Fora Temer, Sindicatos de trabalhadores do setor público e privado, movimentos populares e organizações de juventude.

10 de novembro pelo país
O Dia 10 de novembro contará também com atos em cidades como Maceió, Fortaleza, Vitória, Cuiabá, Belém, Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Palmas, Aracaju, Blumenau, Natal, Recife, Curitiba,Teresina, João Pessoa, Campo Grande, Goiânia, Rio Branco, Macapá, Salvador, Joinville, Chapecó, Lages e Campinas.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário