Manaus, 22 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Honra ao mérito empresarial

Por: Antônio Parente aparente@jcam.com.br
01 Nov 2017, 20h47

Crédito:Antonio Parente
Representantes e personalidades de diferentes setores corporativos foram homenageados com a Medalha de Mérito Empresarial, na noite da última segunda-feira, 31, no Balneário do Sesc, em solenidade realizado pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amazonas).

O presidente do conselho deliberativo do Sebrae-AM, José Roberto Tadros, destacou que o principal objetivo do evento foi de reconhecer representantes da sociedade, empresários, educadores, políticos, comunicadores da imprensa, administradores públicos e privados, que se destacaram no apoio e crescimento das micro e pequenas empresas do estado do Amazonas.

"A medalha ao mérito empresarial do Sebrae tem seu objetivo e finalidade a preparação e o desenvolvimento dos três setores: primário, secundário e terciário. Serve para homenagear todas as pessoas que dão seu esforço e dedicação nos diversos campos da atividade humana, notadamente os três setores que movimentam a economia, mas, sem descurar daqueles que contribuem com talento, competência e capacidade, seja no campo político, jurídico e jornalístico. Essa premiação é uma forma de incentivar, agradecer, comemorar e estimular gerações futuras, reconhecer que o empresário deu certo e que eles ajudam no crescimento e desenvolvimento do estado", disse.

Na ocasião, Tadros reconheceu a importância de valorizar e incentivar o trabalho de cada setor com o intuito de investir e acreditar no crescimento e desenvolvimento social e econômico do Amazonas, como a geração de emprego e renda para a população. Além de lembrar e valorizar empresários que no passado investiram e acreditaram no potencial da região amazônica.

"É importante reconhecer as pessoas que mostram méritos capazes de proteger e defender a livre empresa, a democracia e a liberdade. Por isso o motivo de homenagear várias pessoas desde a empresários e jornalistas como o Dr Guilherme Aluízio presidente do Jornal do Commercio que além de um ótimo profissional é também um empresário e um defensor da livre empresa", disse.

Para o presidente do Jornal do Commercio, Guilherme Aluízio, as homenagens são uma forma de motivação para continuar desenvolvendo um trabalho com respeito à população do Amazonas e àqueles que contribuem para o seu crescimento. "Esse reconhecimento serve para nos motivar a continuar trabalhando com muita luta e dedicação para o desenvolvimento do nosso estado. O nosso esforço é o que podemos deixar para o nosso povo e para o Amazonas que é a razão de tudo, acreditamos que ainda tem muito por fazer por nosso estado", disse ele.


Comércio e educação
Outros segmentos e instituições foram lembradas, tendo sido o deputado estadual Adjuto Afonso (PDT) indicado pela Fecomércio (Federação do Comércio do Estado do Amazonas), com o reconhecimento dos seus serviços prestados na área social e econômica do estado.

"Gratidão define a noite de hoje, em que fui agraciado com a Medalha do Mérito Empresarial Sebrae, o que nos estimula a trabalhar cada vez mais para fazer sempre o melhor pela sociedade. Agradeço ao Conselho Deliberativo, na pessoa do presidente, Roberto Tadros, por essa honraria, a minha família pelo apoio incondicional no dia a dia, aos amigos em geral e a todo o povo amazonense, que me permitiu chegar até aqui", disse o deputado Adjuto Afonso.

A professora doutora da UFAM (Universidade Federal do Amazonas), Márcia Perales, representou o segmento da educação e destacou a importância dos trabalhos realizados dentro das universidade serem conhecidos pela sociedade.

"Todo reconhecimento público que vem em nome de um trabalho que beneficia pessoas acho muito bem vindo. E quem recebe não é você e sim a instituição e as equipes que fazem a própria instituição funcionar. Então estar aqui representando a universidade é importante pela oportunidade das pessoas verem o trabalho que a instituição realiza", disse ela.

Gestão pública
Na frente parlamentar, o presidente da CMM (Câmara Municipal de Manaus), Wilker Barreto, teve seu trabalho reconhecido frente a gestão pública desenvolvida na casa e enfatizou que a honraria recebida na noite aumenta sua responsabilidade como servidor público, e enfatizou a importância do diálogo entre as entidades públicas e privadas para pensar de forma conjunta novas ideias para o crescimento do setor de microempreendedorismo no Amazonas.

"Fico lisonjeado receber esse prêmio do Sebrae por mérito empresarial apesar de eu estar frente a uma administração pública, nós tivemos resultados bastante positivos, resultados estes que voltam para a sociedade. Você nota hoje que foram representantes de diversas áreas todas voltadas para o desenvolvimento da nossa região. O Sebrae cumpre um papel importantíssimo, se você for pegar os números das micro e pequenas empresas elas são nossa locomotiva e precisam obviamente serem melhor tratadas, melhor ouvidas e principalmente os entes públicos precisam conversar em novas ideias e tecnologias para o seu crescimento. Para enfrentarmos a problemática hoje que se encontra a economia temos que juntar a experiência de cada setor e desta forma criar uma ampla rede de comunicação para traçar uma matriz de desenvolvimento para o Amazonas", contou.

Produtor Rural
Para o presidente da Faea (Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas), Muni Lourenço, a tradição do Sebrae em reconhecer os microempreendedores, principalmente esforços do pequeno produtor rural do Amazonas, serve como uma importante referência para que outros empresários invistam no setor.

"É muito importante se prestar reconhecimento a produtores rurais e empreendedores do setor primário amazonense, principalmente para distinguir empreendedores que com talento e competência se destacaram no agronegócio amazonense, bem como, para que esses bons exemplos sirvam de referência e estímulo para tantos outros que investem na atividade", disse.




Comentários (0)

Deixe seu Comentário