Manaus, 14 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Homenagens no Dia do Aviador

Por: Cíntia Valadares cvaladares@jcam.com.br
25 Out 2017, 14h51

Crédito:Divulgação
A Ala 8 (antiga Base Aérea de Manaus) realizou na segunda-feira a comemoração referente ao Dia do Aviador (23 de outubro), data do primeiro voo realizado por Alberto Santos Dumont, patrono da Força, e ao dia da Força Aérea Brasileira (FAB). Na ocasião, foram entregues as medalhas da OMA (Ordem do Mérito Aeronáutico) para militares e civis que prestaram notáveis serviços ao país ou se distinguiram no exercício de sua profissão.

O comandante da Ala 8, brigadeiro Waldeísio Ferreira Campos, destacou em sua mensagem, a nobreza de Santos Dumont. "Nós temos a honra de comemorar, na data de hoje, o dia em que Santos Dumont voou diante de uma multidão que ficou estupefata com um aparelho mais pesado que o ar, em 23 de outubro de 1906, tornando-se o primeiro homem a realizar este feito, movido pelos seus próprios feitos. Ele decolou, voou e pousou, dominando aquela máquina e dando a partir daí um novo contorno ao mundo".
Durante a cerimônia representantes de todas as Unidades da Guarnição de Aeronáutica de Manaus participaram do tradicional desfile militar no Pátio Operacional da Ala 8.

A Ordem do Mérito Aeronáutico é a maior condecoração concedida pela FAB. Em Manaus, 8 pessoas foram homenageadas. O principal homenageado foi o desembargador Flávio Humberto Pascarelli Lopes, presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas que recebeu a condecoração no grau comendador. A distinção pode ser concedida em cinco graus: grã-cruz, grande oficial, comendador, oficial e cavaleiro.
Também foram homenageados com a Ordem do Mérito Aeronáutico o General de Brigada Paulo Roberto Viana Rabelo, Comandante do 2º Grupamento de Engenharia; o Coronel Aviador Nilo Sérgio Machado de Azevedo, Comandante do 4º Cindacta IV (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego); o Coronel Aviador Fábio Luís Morau, Chefe de Estado-Maior da Ala 8; o capitão especialista Joseilton Bezerra da Silva; a médica Cinira de Souza Camurça Lima, cirurgiã-geral e pediátrica; o suboficial Hélio Satoru Ishii e o suboficial Mauri Menezes, ambos da Força Aérea.

"Nesta oportunidade temos a grata satisfação de homenagear personalidades que se destacaram prestando serviços para o desenvolvimento do trabalho da Aeronáutica no Estado. Como forma de gratidão a Força Aérea Brasileira entrega a mais alta comenda, que é a Ordem do Mérito Aeronáutico em seus diversos graus, hoje condecoramos por exemplo o desembargador Flávio Pascarelli, bem como oficiais de outras forças militares e civis, pessoas que se distinguiram no apoio e na consecução da missão atribuída à FAB", declarou o comandante da Ala 8.

O desembargador Pascarelli frisou que essa homenagem pertence ao Poder Judiciário. "Eu me senti emocionado, o coração bateu mais forte hoje vendo o desfile das tropas, e eu considero isso uma homenagem ao judiciário, aos desembargadores, juízes de direito e aos trabalhadores que me ajudam a fazer um bom trabalho em prol da Justiça no Amazonas".

O general Viana, comandante do Grupamento de Engenharia do Exército no Amazonas, ressaltou a importância da Aeronáutica para o país. "A FAB tem um papel importantíssimo no Brasil, ela tem a responsabilidade de manter a soberania do espaço nacional e de integrar o nosso país, utilizando toda a sua capacidade de aeronaves e pessoal. Então pra mim que sou do Exército Brasileiro é uma grande honra e satisfação poder ter esse reconhecimento e a prova de que as nossas Forças Armadas estão cada vez mais trabalhando conjuntamente, é o grande fator da interoperabilidade, ou seja, todos fazem um papel importante no conjunto, e se tratando da Amazônia isso fica ainda maior".

Presente na solenidade, o presidente do Jornal do Commercio, Guilherme Aluízio,destacou a comemoração da Aeronáutica. "É uma festa bonita. Nós temos que estar presentes para incentivar o trabalho que a Aeronáutica desenvolve no Amazonas. Estar aqui para mim é um prazer e encontrar pessoas como o desembargador Pascarelli sendo homenageadas é uma satisfação ainda maior", destacou.

Primeiro voo
O primeiro voo sem catapulta com um aparelho mais pesado do que o ar foi realizado no dia 23 de outubro de 1906 por Santos Dumont, no Campo de Bagatelle, em Paris. Depois de percorrer 60 metros em sete segundos, ele conseguiu voar a dois metros do solo perante a Comissão Oficial do Aeroclube da França e mais de mil espectadores.

O mineiro Santos Dumont é considerado o "Pai da Aviação" e nasceu em 20 de julho de 1873. Formado em engenharia é tido como um dos pioneiros do balonismo. Ele era apaixonado por voar e sua mais famosa invenção foi o avião 14 Bis.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário