Manaus, 20 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Foco na comodidade e segurança

Por: Cíntia Valadares
01 Set 2017, 19h40

Crédito:Divulgação
Em meio a tantos aplicativos de mobilidade urbana que surgiram para facilitar a vida da população, a Yet Go chega com uma nova proposta, colocar mulheres para dirigir através do Yet Go Mulher, um serviço que permite que a passageira escolha ser atendida por uma motorista mulher. A iniciativa atende ao desejo de milhares de usuárias do App que buscam uma viagem com mais segurança e comodidade.
De acordo com Yuri Mota, diretor de operações da Yet Go na região Norte/Nordeste, um ícone vai aparecer na barra inferior junto dos outros serviços, assim a usuária só precisa clicar e fazer a escolha.
"A expectativa é alcançar ainda mais o público feminino, dando mais segurança, conforto e tranquilidade para as passageiras que utilizam os nossos serviços", disse Mota.

Manaus foi a 2ª cidade em que a Yet Go começou operar, desde janeiro deste ano, a start up que atua no segmento de tecnologia com foco na mobilidade urbana, tem conquistado a confiança dos manauaras. Segundo Mota, a empresa conta com 2 mil carros cadastrados no app e com 50 mil usuários.
Até o momento, a novidade está disponível somente para o dispositivo Android. A previsão é que no dia 15 de setembro seja lançada a opção para o IOS.

Como se cadastrar?
Para se cadastrar, a motorista deve acessar o site www.yetgo.com.br e apresentar um "nada consta" de antecedentes criminais e estar com a documentação pessoal e do veículo em dia. Além disso, outro requisito exigido pela startup, é que o veículo seja acima de 2008 e bem conservado.

Como funciona?
A profissional pode escolher o seu horário de trabalho e não há contrato de exclusividade, podendo trabalhar, ao mesmo tempo, para outras empresas do segmento e até mesmo para frotas de táxis.
De acordo com Alberto Souza Júnior, sócio-fundador da empresa, a startup nunca foi acionada judicialmente por assédio, mas lançou a função para proporcionar um serviço diferenciado o público feminino. "O Yet Go fará 1 ano em novembro.

Felizmente, nunca tivemos denúncia de abuso ou assédio por parte dos nossos motoristas.
No entanto, lançamos a categoria por saber que muitas mulheres sentem medo de solicitar um táxi ou um aplicativo por causa do motorista", comentou.
As tarifas são as mesmas ofertadas pelo tradicional serviço do aplicativo de mobilidade urbana: tarifa base de R$1,50 para carro comum, R$0,15 centavos o minuto rodado e R$1,10 o quilômetro percorrido.
Comparando com a bandeira 1 do táxi comum, ao utilizar o serviço pelo aplicativo, os usuários têm uma economia de até 40%. Já quando o Uber está com tarifa dinâmica, o usuário consegue ter 50% de economia com o Yet Go.

Sobre o Yet Go
Lançado em novembro de 2016, o Yet Go, sistema de franquia e aplicativo de mobilidade urbana 100% brasileiro já está presente em todas as capitais, oferecendo valores mais baratos na corrida, com serviços de carro comum, executivo, mototaxi e motofrete.

Rival do Uber, a empresa oferece uma série de promoções, não trabalha com tarifa dinâmica, não cobra tarifa de cancelamento da corrida e mantém fixo o preço do quilômetro rodado. Por enquanto, a forma de pagamento é feita somente em dinheiro.

Todos os motoristas estão isentos de 100% da taxa de pagamento, no 1º mês da prestação de servioço para a empresa. Se forem bem avaliados pelos usuários, terão redução na taxa de 25% que será cobrada pela empresa a partir do segundo mês de operação.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário