Manaus, 23 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Perigo contido em eletroeletrônicos é discutido em Manaus

Por: Jefter Guerra jguerra@jcam.com.br
28 Ago 2017, 19h22

Crédito:Divulgação
Diretiva europeia RoHS alerta que substâncias perigosas contidas em EEE (Equipamentos Eletroeletrônicos) afetou o complexo eletroeletrônico no Brasil.

Partindo desse alerta, Manaus sediará amanhã (30), na Fucapi, o Workshop Rede PDE Sibratec - Certificação Ambiental de Equipamentos Eletroeletrônicos.

O workshop é uma iniciativa da PDE (Rede de Produtos e Dispositivos Eletroeletrônicos), do Sibratec (Sistema Brasileiro de Tecnologia) em coordenação com o CTI (Centro de Tecnologia Renato Archer), e da Fucapi.

O evento terá a participação de importantes laboratórios nacionais como Instituto Paulista de Tecnologia (IPT), Labelo/PUC-RS e INT.

Sobre a importância do evento, o coordenador do projeto RoHS da Rede Sibratec de Dispositivo, José Rocha, alerta que a diretiva europeia RoHS (Restriction of Hazardous Substances) que limita o uso de certas substâncias perigosas em EEE (Equipamentos Eletroeletrônicos), afetou o complexo eletroeletrônico no Brasil. "O setor se vê obrigado a adaptar seus processos produtivos, sob pena de não mais exportar para o continente Europeu ou para outros mercados que também adotam diretrizes semelhantes à RoHS", explicou.

Por isso, na visão de Rocha, é fundamental discutir sobre o que ainda precisa ser feito pelos órgãos governamentais para apoiar as empresas na adaptação de seus processos aos requisitos da Diretiva.
Segundo o coordenador do Centro de Laboratórios da Fucapi, Ademir Lourenço, o workshop busca ainda debater a luz das legislações e boas práticas ambientais as principais dificuldades enfrentadas pelas empresas brasileiras na adequação de seus processos aos requisitos ambientais. "Iremos debater, dentre outros temas, como auxiliar o poder público na formulação de políticas visando à redução ou a restrição do uso de substâncias perigosas em processos produtivos e produtos", disse.

E para esse estudo, a gerente de qualidade do Laboratório, Hyelen Gouvêa, ressalta que a Fucapi conta com uma completa infraestrutura laboratorial que abrange os Laboratórios de Ensaios Técnicos e Climáticos, de Metrologia Dimensional, Central-Analítica que apoia os Ensaios Químicos e Físico-Químicos e nos Ensaios dos Requisitos da Diretiva RoHS, inclusive na determinação de Ftalatos. "A missão da Fucapi, no contexto do projeto da Rede PDE Sibratec é implantar uma infraestrutura laboratorial para oferecer serviços de monitoramento desses parâmetros ambientais para a indústria da região Norte, de forma acreditada", afirmou.

Gouvêa informa ainda que os ensaios referentes aos parâmetros ambientais, de forma mais específica, referente a Diretiva RoHS, estão em processo de extensão de escopo do laboratório da Fucapi. "Estes parâmetros estão em processo de extensão de escopo da descrição do laboratório da Fucapi. E já estão todos implementados, pois a indústria do Polo Industrial tem acesso a esse serviço, uma vez que passaram pelo ensaio de proficiência com resultado satisfatório, ou seja, estão na fase final para o pedido de extensão de escopo. Porém, faz parte do dia a dia do laboratório a prestação de serviço para as empresas que são fornecedoras de insumos ou suprimentos da indústria eletroeletrônico no PIM", conclui ela.

Sobre o Workshop
O Workshop busca reunir mais de 70 pessoas, entre empresários, representantes da indústria, academia, governo, sociedade civil, técnicos, professores e alunos.

O evento contará com a participação de palestrantes do MCTIC (Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação), Inmetro, Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), ABNT (Associação Brasileira de Normas e Técnicas) e MMA (Ministério do Meio Ambiente).

Saiba mais
No Brasil, não há uma legislação semelhante à RoHS, porém, os requisitos da Diretiva são exigidos nos processos governamentais de compras sustentáveis, o que limita a participação em um mercado que movimenta cifras bilionárias no país, estimadas em torno de 10% do PIB, das empresas que ainda não adotaram os requisitos de sustentabilidade em seus produtos.

A adequação aos requisitos RoHS representa um desafio tecnológico para as grandes empresas exportadoras, que necessitaram buscar por novas alternativas de processos e materiais, e adequar toda sua cadeia de suprimentos, em um processo de transferência de responsabilidades, visando minimizar o risco de receberem insumos contendo as substâncias controladas pela Diretiva.

Inscrições
O evento tem inscrições gratuitas que podem ser feitas até hoje (29), mediante preenchimento de uma ficha de inscrição no link : https://goo.gl/PyeM7u ou enviando solicitação para os emails: ademir.lourenco@fucapi.br e hyelen.gouvea@fucapi.br.


O QUE? Workshop
HORÁRIO: 8h30 às 17h30
ONDE? Campus Educacional da Fucapi  - Av. Danilo Areosa, 381 - Portaria 2 - Auditório do Bloco B
INFORMAÇÕES? 2127-3036 ou 2127-3296

Comentários (0)

Deixe seu Comentário