Manaus, 22 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

TRE-AM inicia os preparativos finais para o 2º turno da eleição suplementar

Por: Cíntia Valadares e Assessoria
21 Ago 2017, 19h14

Crédito:Divulgação/Assessoria
Nesta segunda-feira, 21, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) iniciou o processo de distribuição das mais de 6 mil urnas para os municípios que serão sedes da eleição suplementar no Amazonas. Na sexta-feira, 25, as máquinas serão instaladas nas secções eleitorais, para o segundo turno que acontece no domingo, 27.

O Amazonas possui 61 zonas no interior e 13 na capital. São 7,262 seções eleitorais distribuídas em 1,508 locais de votação no estado. E mais de 2 milhões de eleitores são esperados nos 62 municípios do estado.

De acordo com o secretário de tecnologia do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), Rodrigo Camelo, no primeiro turno, 17 urnas eletrônicas apresentaram problemas técnicos na primeira hora de eleição suplementar e foram substituídas, sem haver nenhum prejuízo para o pleito.

As equipes trabalham também com mais 10% de urnas de contingência, caso alguma apresente problemas técnicos e precise ser substituída. Um total de 35 mil funcionários do TRE-AM estão escalados para trabalhar nestes segundo turno.

Segundo informações do TRE-AM, por conta da instalação das urnas, as aulas nas escolas públicas das redes estadual e municipal seguem até a quinta-feira, 24, e retornam somente na segunda-feira, 28.

A partir de terça-feira, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido
De acordo com a legislação eleitoral, a partir do dia 22 de agosto, cinco dias antes do pleito, os eleitores não poderão ser presos ou detidos, a não ser em flagrante delito, em razão de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou por desrespeito a salvo-conduto. O Código Eleitoral considera a proibição como uma garantia para que o eleitor não tenha impedimento do exercício do voto, sem ameaças ou pressões indevidas.

Segundo a Resolução n. 007/2017, que dispõe sobre o Calendário Eleitoral, essa garantia é válida até 48h após o dia da eleição, ou seja, até às 17h da próxima terça-feira, 29.

Lei Seca
Entre às 2h e 18h do dia 27, o consumo de bebida alcoólica estará proibido em bares, restaurantes, supermercados, mercearias e estabelecimentos similares, bem como em locais abertos ao público no Estado do Amazonas.

As definições dos horários em que vigora a Lei Seca, foram estabelecidos através da Portaria conjunta 610/2017, assinada pelo Presidente do TRE-AM, desembargador Yedo Simões e pelo Secretário de Segurança Pública, Dr. Sérgio Lúcio Fontes.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário