Manaus, 21 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Mercado atento aos novos perfis

Por: Antonio Parente aparente@jcam.com.br
21 Ago 2017, 13h52

Crédito:Walter Mendes
Ter a casa própria com um design personalizado e sair do aluguel é o sonho de qualquer brasileiro que busca qualidade de vida. No entanto, vários questionamentos faz-se necessário antes de qualquer tomada de decisão: casa ou apartamento? Zona Urbana ou Rural? Praticidade ou lazer? Além de custos e benefícios.

Uma pesquisa do mercado imobliário realizado em maio deste ano apontou um aumento de 26% na venda de imóvel em Manaus, em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2016 a quantidade de imóveis comercializados foi de 173, e até maio deste ano houve um registro de 228 empreendimentos.
Segundo a corretora de imóveis Tatiana Licata, da Capital Rossi, isso deve-se aos diferentes perfis de consumidores que surgem a cada momento, e aos atrativos de preços e benefícios oferecidos por cada empreendimento.

"Cada cliente tem um ponto de vista e uma necessidade que precisa ser suprida. Por exemplo, temos muitos clientes que compram o seu primeiro imóvel. Eles não exigem muita coisa, eles querem facilidades de pagamento e parcelas baixa mensal. Geralmente são jovens recém-casados ou solteiros independentes.Temos também aqueles que são classificados por nós como investidores, que buscam muitas vezes oportunidades de negócios", explicou ela.

Outro perfil destacado pela corretora são pessoas que já possuem imóvel ou aqueles que moram alugado e sentem a necessidade de mudar pra um lugar maior e bem localizado, com conforto e mais opções de lazer e qualidade de vida. Segundo Licata, estes geralmente preferem bairros como Ponta Negra, Adrianopólis ou Centro da cidade. Porém, eles não abrem mão da condição de pagamento, preço e facilidades como o ITBI ( Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) e os registros inclusos.

Qualidade de vida
Esse é o caso da empresária Loide Soares, 58, que há 14 anos mora na capital amazonense e busca em uma moradia pontos como praticidade, conforto e qualidade de vida. Há muito tempo morando em um imóvel alugado, a empresária não abriu mão de investir em uma apartamento na mesma rua de sua empresa, e não economizou em fatores como acabamento, porcelanato e área de lazer com espaço para seu neto brincar. E compartilha um pouco da sua história até a conquista da tão sonhada chave da sua casa própria.

"Quando vim morar em Manaus alguns anos eu e minha família morávamos alugado em uma casa na avenida Constantino Nery. Viemos para cá para trabalhar e montar nossa empresa. Porém morávamos muito longe do trabalho e pegavámos muito trânsito até o Centro da cidade. Então meu marido resolveu alugar uma casa no rua 10 de Julho em frente ao teatro Amazonas no Centro. A casa era muito grande, de dois andares, 3 quartos, piscina e um grande espaço para lazer. Era muito confortável, porém, não nos sentíamos seguros. Até então os planos de comprar um imóvel próprio ainda não estava em nossos planos até porque planejávamos voltar para nossa cidade em Natal. Mudamos novamente para um apartamento muito grande e confortável a dois quarterões do trabalho, então encontramos um empreendimento muito bonito e prático na rua da nossa empresa. Não pensamos duas vezes e nos organizamos para comprar e hoje com a chave nas mãos vamos construir um ambiente com a cara da nossa família. Vou renovar todos os meus móveis e lustres para um estilo bem moderno. Investir em um ambiente decorado com cortinas abertas com bastante luz. Prefiro apartamento devido a praticidade na arrumação, limpeza e um ambiente seguro, pois quem busca morar em condomínio não abre mão sem dúvida da segurança", conta.

Inovação e tecnologia
Para a arquiteta de interiores, Raquel Brito, 25, nos dois últimos anos a maioria do público que a procura para serviços de criação de ambiente em moradia são de perfis jovens descontraídos com gosto por mudanças. Clientes que querem algo confortável e um valor estético expressivos, que estão com pressa e possuem um orçamento reduzido.

"A maioria dos nossos clientes em arquitetura de interiores são pessoas que mudam de casa para apartamentos pequenos. Basicamente famílias com espírito jovem, que têm histórias inusitadas e únicas. Criamos uma consciência limpa que os clientes devem ser pessoas que não vão gastar além do necessário. Com tudo isso procuramos criar experiências novas, junto com projetos super personalizados e autênticos como resultado", disse.

Outros pontos destacados pela arquiteta é a questão da segurança, comodidade e sofisticação, fatores muito exigidos pelo novo segmento de moradores no mercado.

"Esse público possui ideias "fora da caixa" e querem um ambiente descolado -com mais eficiência, ou seja melhor custo benefício. A sustentabilidade também está nessas pequenas coisas.

Saiba mais
Segundo dados da Ademi/AM (Associoção das Empresas do Mercado Imobilário do Amazonas), até maio deste ano os empreendimentos em Manaus que mais se destacaram em vendas são os apartamentos econômicos com 142 unidades, os de estilo padrão médio com 34, e a categoria standard com 33 vendas.

Perfil ideal
Raquel Brito, arquiteta
"Eu moro em apartamento, prefiro zona urbana por causa da praticidade, mas no futuro pretendo ficar na calmaria do rural. Praticidade e o lazer urbano são coisas que busco. A moradia ideal pra mim é um apartamento que tenha condições de receber pessoas, não precisa ser grande demais, mas precisa ser confortável. Além disso, não gosto de acumular coisas, preciso de uma suíte, um espaço pra home office e o meu foco agora é a cozinha com ilha integrada na sala de jantar/estar, espaços multiuso, principalmente pra receber os amigos"

Alice Siqueira, enfermeira
"Minha casa dos sonhos seria em um condomínio fechado onde pudesse ter conforto sem preocupação de incomodar o vizinho ao lado, com seguranaça monitorada e guaritas especializadas. Onde pudesse me sentir segura sem medo de ser seguida. Busco o ambiente de janelas bem aberta e arejado. Além disso com um jardim pequeno, não precisa ter quintal. Gosto de um ambiente grande sem paredes onde posso receber meus amigos".

Comentários (0)

Deixe seu Comentário