Manaus, 17 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Amazonas apresenta saldo negativo no mercado de trabalho

Por: Hellen Miranda hmiranda@jcam.com.br
17 Jul 2017, 17h36

Crédito:Divulgação
O Amazonas registrou um saldo negativo de postos de trabalho em junho deste ano, apontou dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado nesta segunda-feira (17). No total, foram 101 vagas com carteira assinada perdidas, em relação ao número de empregos gerados. Em maio, esse número chegou a 225. No sexto mês do ano, as demissões foram de 9,516 mil contra 9,415 mil contratados em todo o Estado. De janeiro a junho de 2017, houve 64,021 mil admissões e 68,776 mil demissões, um o saldo negativo de 4,755 mil vagas. Em 12 meses, o saldo chega a quase 8 mil desligamentos.

O setor que mais demitiu foi o da Indústria de Transformação com 2,061 mil pessoas desligadas e 1,839 mil empregadas em junho deste ano. Um saldo negativo de 222 postos com carteira assinada no período. Em seguida vem o setor do comércio varejista e atacadista que registrou 152 vagas perdidas em relação ao número de empregos gerados. No total, houve 3,032 mil desligamentos na atividade comercial e o número de admissões foi 2,880 mil no Estado.

Segundo o Caged, em Manaus o número de demissões também superou o de admissões. Foram 8,765 mil demitidos contra 8.909 mil pessoas foram admitidas. No Amazonas, desde junho de 2016 o número de demissões chegou 143 mil e 135 mil funcionários admitidos, representando um saldo de 7,947 mil a mais que o número de pessoas admitidas.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário