Manaus, 22 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Diminui o número de municípios em situação de emergência no Amazonas

Por: Hellen Miranda e Assessoria
26 Jun 2017, 18h13

Crédito:Divulgação
Caiu para 38, o número de municípios amazonenses em situação de emergência por conta da enchente que atingiu o Estado. A Defesa Civil do Amazonas informou que Canutama, na calha do Purus, foi a primeira das 39 cidades a sair da condição emergencial. Segundo o órgão, a retirada é baseada no retorno gradativo da normalidade social e no término do decreto municipal, publicado no dia 27 de março deste ano, com validade de até 90 dias.

Mais de 1,4 mil famílias foram afetadas pelas enchentes no município de Canutama. De acordo com a Defesa Civil, cerca de 45 toneladas de alimentos não perecíveis foram disponibilizados para a cidade, além de kits dormitório, água potável, kits medicamentos, hipoclorito de sódio, kits de higiene pessoal e de limpeza. No total, mais de 62 mil famílias foram afetadas pelas fortes chuvas em todo do Amazonas.

Balanço
39 municípios estão em situação de emergência por conta da enchente (Guajará, Ipixuna, Eirunepé, Itamarati, Carauari, Juruá, Benjamim Constant, Atalaia do Norte, Tapauá, Tabatinga, Santo Antônio do Iça, Amaturá, Anamã, Coari, Iranduba, Manacapuru, Caapiranga, Itacoatiara, São Paulo de Olivença, Alvarães, Boa Vista do Ramos, Careiro da Várzea, Maraã, Urucurituba, Careiro Castanho, Manaquiri, Parintins, Nova Olinda do Norte, Fonte Boa, Nhamundá, Codajás, Uarini, Barreirinha e Autazes.

Em andamento situação de emergência por deslizamento de terra estão as cidades de Manacapuru e Tefé, ambas sendo atendidas com ajuda humanitária. Segundo a Defesa Civil, 121 famílias foram afetadas nessas localidades. Já nove municípios estão em alerta de enchente e ainda dois em situação de atenção.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário