Manaus, 22 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Campanha eleitoral iniciou nesta terça-feira, 20

Por: Priscila Caldas pcaldas@jcam.com.br
20 Jun 2017, 19h56

Crédito:Divulgação
A partir desta terça-feira (20) os candidatos aos cargos de governador e vice-governador do Amazonas estão autorizados a realizar a propaganda eleitoral de rua e também por meio digital, que é a internet. Segundo o TRE-AM (Tribunal Regional Eleitoral), até o momento nenhuma sigla foi às ruas para distribuir materiais gráficos e pedir votos. A campanha política por meio da rádio e televisão terá início no dia 10 de julho. As definições sobre as divulgações por meio da imprensa serão repassadas aos representantes de todos os partidos e também às empresas de comunicação do Estado, na quinta-feira (29), às 10h, no plenário do tribunal.

O secretário judiciário do TRE-AM, Valdinei Siqueira, informa que a partir de terça-feira os candidatos podem promover propagandas políticas nas ruas por meio de comícios, faixas, carros de som, aparelhagem sonora fixa, redes sociais, carreata, passeata e distribuição de material gráfico. Ele informa que a propaganda por meio da rádio e televisão estarão liberadas a partir do dia 10 de julho e as orientações sobre as regras dos trabalhos serão repassadas na quinta-feira (29) durante uma reunião entre a comissão da propaganda eleitoral, os representantes dos grupos políticos e os representantes dos veículos de comunicação do Estado.

"Durante a reunião faremos a distribuição do plano de mídias aos participantes. Dentre os principais pontos abordados no material estão a determinação de quantos minutos cada partido terá para se apresentar e também a sequência das exibições", disse.

De acordo com o coordenador da CFPE (Comissão de Fiscalização da Propaganda Eleitoral), Fued Semen, no primeiro dia de liberação da campanha eleitoral nenhum partido político foi às ruas para apresentar seus materiais ou pedir votos. Ele acredita que as campanhas públicas iniciem nos próximos dias, quando as coligações terão concluído os processos de aberturas de contas destinadas aos trabalhos políticos. "Os candidatos só podem fazer propagandas após a abertura das contas bancárias", informou.







Comentários (0)

Deixe seu Comentário