Manaus, 16 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Cheia deixa municípios em situação de emergência

Por: Hellen Miranda hmiranda@jcam.com.br
19 Jun 2017, 19h26

Crédito:Divulgação
Cerca de 39 municípios amazonenses estão em situação de emergência por conta da enchente que atingiu o Estado. No total, mais de 64 mil famílias foram afetadas pelas fortes chuvas. Além da capital, os municípios de Urucará, Maués, São Sebastião do Uatumã, Jutaí, Silves e Itapiranga estão em situação de alerta. Já Novo Airão e Borba permanecem sob alerta para enchentes. A informação é da Defesa Civil do Amazonas.

Segundo o órgão, 1.400 toneladas de alimentos estão sendo destinadas para as famílias. Desse total, 500 toneladas já foram entregues aos municípios Guajará Ipixuna e Eirunepé, ambas na calha de Juruá e ainda Canutama no Purus.

Na segunda fase, quase dobrou o atendimento com 900 toneladas. A calha do solimões liderou os municípios atendidos com Coari, Caapiranga, Anamã, Anori, Maraã, Iranduba, Tonantins, Careiro Castanho e Manacapuru. A de Juruá duas localidades. Purus apareceu com Canutama. Já na calha do Amazonas e no médio Amazonas, Careiro da Várzea e Urucurituba, respectivamente, receberam ajuda.
19 municípios estão em andamento (Tapauá, Benjamin Constant, Atalaia do Norte, Tabatinga, Santo Antônio do Iça, Amaturá, Itacoatiara, São Paulo de Olivença, Boa Vista do Ramos, Manaquiri, Parintins, Codajás, Uariuni, Barreirinha, Autazes, Nova Olinda do Norte, Nova Olinda do Norte, Fonte Boa e Nhamundá). E ainda, o próximo atendimento vai contemplar três cidades em situação de emergência.

Reforço humanitário
Recentemente, a Defesa Civil estadual enviou reforço de ajuda humanitária aos municípios de Anamã, Beruri, Tefé e Alvarães. Em Anamã, na calha do Solimões, 1.063 famílias foram prejudicadas pelo desastre. O município aumentou de 40 para 60 toneladas o volume de cestas básicas recebidas. Além de kits dormitórios, higiene, limpeza, medicamentos, colchões e ainda hipoclorito de sódio para purificar a água e evitar doenças de veiculação hídrica.

Beruri, na calha do Purus, que tem pouco mais de mil famílias prejudicadas pela enchente recebeu seis toneladas de cestas básicas e demais kits. Segundo a Defesa Civil Também estão sendo contemplados com alimentos e os kits de ajuda humanitária, os afetados de Tefé e Alvarães, na calha do Médio Solimões.



Comentários (0)

Deixe seu Comentário