Manaus, 21 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Ministro da Saúde divulga mudanças no Programa Farmácia Popular

Por: Da Redação
14 Jun 2017, 17h36

Crédito:Divulgação
A partir de agosto, Estados e municípios terão um adicional de 10% para a compra de medicamentos da atenção básica do Sistema Único de Saúde. O valor é o equivalente a 100 milhões de reais por ano. O anúncio foi realizado no último dia 06 de junho, pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros. Segundo o ministro, a medida tem o objetivo de ampliar a oferta de medicamentos para a população por todo o país.

"Cem milhões é o orçamento total do Farmácia Popular para o Governo Federal. Desses cem milhões, oitenta milhões eram gastos com aluguéis e salários e apenas vinte milhões eram gastos com medicamentos para a população, por isso, obviamente, nós decidimos fazer tudo em medicamentos que é o objetivo do programa Farmácia Popular, dar assistência farmacêutica às pessoas e não pagar aluguéis e salários", disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Segundo o Ministério da Saúde, esse valor de R$ 800 milhões que foram realocados se referem aos aluguéis das unidades próprias do programa Farmácia Popular e dos salários dos funcionários destes estabelecimentos que serão fechados. Contudo, os medicamentos continuarão a disposição da população para retirada nas redes de farmácias credenciadas ao programa 'Aqui Tem Farmácia Popular'.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde os pacientes continuarão a receber os medicamentos de atenção básica nas diversas Unidades Básicas de Saúde dos municípios. Segundo informações do órgão atualmente, aproximadamente 4.500 municípios contam com o programa 'Aqui Tem Farmácia Popular'.

O governo abrirá novos credenciamentos para o 'Aqui tem Farmácia Popular' apenas para 18 municípios que ficariam sem o programa. São eles: Atalaia (AL), Delmiro Gouveia (AL), Parintins (AM), São Gabriel da Cachoeira (AM), Aquiraz (CE), Buriticupu (MA), Cururupu (MA), Lago da Pedra (MA), Vargem Grande (MA), Zé Doca (MA), Curuçá (PA), Igarapé-Miri (PA), Monte Alegre (PA), Portel (PA), Santana do Araguaia (PA), Viseu (PA), Ouricuri (PE) e Nossa Senhora da Glória (SE).

Em média, por mês, o Programa beneficia em torno de 9,8 milhões de pessoas, principalmente aquelas com 60 anos ou mais, que representam cinco milhões do total. Ao todo, no "Aqui tem Farmácia Popular" são disponibilizados 25 produtos, sendo 14 deles com desconto. O restante tem descontos que chegam a 90%.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário