Manaus, 21 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Gás de cozinha sofrerá aumento de 6,7% neste mês

Por: Cintia Valadares
07 Jun 2017, 15h01

O consumidor vai precisar se preparar para mais um aumento, o do gás de cozinha. Segundo informou a Petrobras, a diretoria executiva da empresa aprovou na última segunda-feira, 05, uma nova política de preços para a comercialização do Gás Liquefeito de Petróleo, que é vendido em botijões de 5kg, 8kg e 13 kg utilizado nas residencias.

Próximos ajustes ocorrerão no dia 5 de cada mês. A exceção será este mês de junho, quando o ajuste de preços passará a ser praticado nas vendas às distribuidoras realizadas a partir do dia 08.

Com a nova fórmula de preços médios terão um aumento nas refinarias de cerca de 6,7%, ainda neste mês. Contudo, a Petrobras em nota afirmou que o preço final repassado ao consumidor poderá não sofrer reajuste. O aumento dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de combustíveis, especialmente distribuidoras e revendedores, uma vez que a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados.

No entanto, mesmo com a lei que garante a liberdade de preços, a Petrobras responde por cerca de 25% do valor final, outros 20% são tributos e o restante do preço é composto por distribuição e revenda (55%). Porém, segundo a Petrobras, caso o aumento seja repassado aos consumidores, estima-se que o botijão de 13 kg tenha alta de 2,2%, o que na prática corresponde a um aumento de R$ 1,25 no preço do botijão.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário