Manaus, 22 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Reunião marca mais otimismo

Por: Jefter Guerra jguerra@jcam.com.br
12 Mai 2017, 13h41

Em primeira mão, o governador interino do Estado do Amazonas, David Almeida (PSD), anunciou ontem (11) que a empresa BMW vai aumentar em 4 milhões de Euros o investimento em suas atividades no Estado.

A novidade foi divulgada pelo governador durante a reunião em que participou com o Codam (Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas) na sede do governo, quando deliberou também o investimento na ordem de R$ 1.052 bilhão para beneficiar 30 projetos ligados ao Codam.

Sem mais novidades sobre o investimento da empresa BMW no Estado, o governador reforçou que o investimento nos projetos do Codam gerará mais de 845 novas vagas de emprego no período de até três anos.

"Com este investimento acredito que irá ampliar, e muito, a geração de emprego para a nossa população. Pois vejo que no momento em que o país está passando, o Estado do Amazonas está crescendo. Tenho certeza que vai ser o primeiro do país a sair dessa crise econômica e, para isso, vamos continuar trabalhando neste sentido", disse ele.

O governador ressaltou ainda que, para este crescimento, novas empresas estão se instalando na Zona Franca de Manaus com a proposta de gerar emprego e renda para a população. "Por exemplo, está chegando no nosso Estado a empresa de componentes eletrônicos, Britânia. Esta empresa vai gerar mais 30 postos de trabalho na nossa região. Isto já é uma conquista de crescimento", acredita ele.

Codam
Para o presidente do Codam, Jorge Júnior, o investimento nos projetos do Conselho prova a preocupação do governador David Almeida em dar continuidade ao fomentar, incentivar o fortalecimento da retomada do crescimento econômico do Estado.

Já para a superintendente da Suframa, Rebecca Garcia, o investimento do governo aos projetos do Codam são latentes, pois no mês de março, os números revelaram que o Estado do Amazonas esteve em primeiro lugar no crescimento industrial. "Pois penso que é um momento interessante para se rediscutir e replanejar e, principalmente, investir, como o nosso Estado está fazendo", disse ela.

Presentes
Durante a reunião, além do governador interino David Almeida, estiveram presentes na mesa da reunião: o presidente da Aleam (Assembleia Legislativa do Amazonas), Abdala Fraxe; a superintendente da Suframa, Rebecca Garcia; o secretário da Seplam e vice-presidente do Codam, José Jorge do Nascimento Júnior; o secretário da Sefaz, Francisco Arnóbio; e o presidente do Cieam, Wilson Perico, além da presença de representantes de outros órgãos ligados ao governo.

Ainda este ano
No acumulado do ano, em duas reuniões realizadas com o governo do Estado, o Codam somou 58 projetos aprovados com investimentos de R$ 3.038 bilhões e 1.038 postos de trabalho previstos.

Os destaques da pauta da 267ª reunião do Codam foram sobre dois projetos da Unicoba, um para a fabricação de fonte de alimentação para luminária de lâmpadas LED no valor de R$ 18 milhões. Outro projeto do grupo é para a produção de conversor para máquina de processamento de dados digital estimado em R$ 27.766 milhões e 99 vagas de trabalho.

A Fazenda Agroindustrial São José apresentou aos conselheiros projeto para a produção de manteiga, doce de leite, iogurte, coalhada e requeijão no município de Presidente Figueiredo com recursos de R$ 9.118 milhões. A promessa da empresa é de criar 40 empregos na cidade.

Já a empresa Brasil Coleta encaminhou para análise do Codam proposta de fabricação de resíduos de plásticos recicláveis com investimento de R$ 4.767 milhões e 52 empregos.

Calendário Codam
A primeira reunião do Codam este ano foi realizada em fevereiro, quando os conselheiros aprovaram 29 projetos industriais com investimentos estimados em R$ 2.017 bilhões e 1.084 vagas no mercado de trabalho no período de até três anos. Os destaques foram as propostas de empreendimento em Manacapuru da Rancho Ferradurinha para a fabricação de manteiga, doce de leite, iogurte e queijo, que se relacionava cerca de 24 empregos naquele município com investimento de aproximadamente R$ 2 milhões.

A Semp TCL apresentou projetos para a produção de placa de circuito interno montada para de uso de informática e telefone celular digital a partir de investimentos de R$ 930 milhões. Para colocar no mercado gravador/reprodutor digital de sistema de segurança e câmera de televisão para uso em circuito fechado de TV a Vision Indústria e Comércio aprovou proposta de produção estimada em R$ 214 milhões que pode abrir 206 empregos a mais.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário