Manaus, 13 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Centro Britânico é a nova opção de idiomas

Por: Jefter Guerra jguerra@jcam.com.br
06 Abr 2017, 19h39

O Centro Britânico, escola especializada no ensino de idiomas, escolheu a cidade de Manaus para instalar mais uma unidade franqueada da rede.

De acordo com o CEO do Centro, Bruno Gagliardi, o que levou a rede trazer a escola para a capital foi o potencial econômico que se encontra no PIM (Polo Industrial de Manaus). Uma vez que, em março deste ano, uma pesquisa realizada pela Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) revelou que em novembro de 2016, o PIM faturou R$ 7,2 bilhões, alta de 6,25% na comparação com o mesmo período de 2015. "Ano passado reposicionamos nossa marca para que pudéssemos personalizar nosso ensino aos nossos alunos.

Por isso, a cidade é estratégica para nós, já que Manaus está ao lado do Distrito Industrial", explica Bruno Gagliardi, CEO do Centro Britânico Idiomas.

Em operação desde o início de março, a escola Centro Britânico Manaus está localizada no bairro de Japiim e é a primeira franquia da marca no Estado e oferece cursos personalizados para todas as idades. "O aprendizado de uma nova língua é democrático e estamos aqui para colaborar com nossos alunos.

Inclusive, já atendemos públicos-chave da população manauara, como as indústrias, Polícia Militar, Exército e Marinha", conta o novo franqueado Neivaldo da Silva Lima.

E o empreendedor está otimista com a operação do Centro Britânico Idiomas na região.

Atualmente a escola possui quase 80 alunos e a expectativa é que, ao final do semestre, 200 estejam matriculados.

Afinal, o Polo Industrial de Manaus recebe incentivos fiscais e é motivo de atração para fábricas que, em 2016, faturaram R$ 67,9 bilhões empregando 85 mil trabalhadores.

No entanto, a mão de obra qualificada continua a ser um grande desafio. Isso, porque, de acordo com a pesquisa 'Escassez de Talentos', do ManpowerGroup, 41% das companhias consultadas não conseguem encontrar essa mão de obra qualificada. "O aprendizado de um novo idioma colabora na empregabilidade, considerando que as empresas na região são multinacionais ou transnacionais", afirma Lima.

O franqueado informa que a metodologia de ensino do Centro prioriza as quatro habilidades do aluno no aprendizado, como o entendimento, a fala, a escrita e a leitura. "A rede visa o aprendizado do aluno através da personalização, ou seja, daquilo que é próximo ao aluno, seja a música, o esporte, a culinária, sempre com turmas reduzidas.

Também oferecemos diversas atividades extra curricular para oportunizar ao nosso aluno pôr em prática o idioma que está estudando". Lima fala ainda, que o Centro já tem parcerias com algumas empresas do Polo Industrial, escolas e entidades de classe. "Estamos totalmente abertos a firmar novas parcerias com outras empresas interessadas. Nossa escola também oferece cursos específicos para profissionais de turismo, aviação, apresentação, atendimento telefônico, e-mails, área médica, alunos da melhor idade, etc", finaliza ele.

A escola possui um ambiente agradável, com recepção, 7 salas de aula, sala de diretoria, coordenação pedagógica, sala de professores, área externa de convivência, cantina, estacionamento próprio, banheiros adulto e infantil e monitoramento eletrônico. A unidade Japiim inaugurou no último dia 4 de março e é a primeira unidade da região Norte do Brasil.

E o valor do investimento é anual de R$ 2.750,00, parcelado em 10x de R$ 275,00. As matrículas estão abertas para semi-intensivo para iniciar dia 17 de abril.

Unidades no país
A rede Centro Britânico conta agora com 30 unidades e a primeira na região Norte do país. As demais estão localizadas nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste do país.

No último ano, o número de alunos da Rede cresceu em 12%. A Escola foi criada em 1969 e aderiu ao franchising em 2008. "Nossa proposta é valorizar o professor e gerar condições para um bom aprendizado dos nossos alunos.

Por isso, nosso plano de negócios prevê alcançar 108 unidades até 2021. Para 2017, a meta é abrir até 10 escolas, já abrimos 4 novas unidades só no primeiro trimestre de 2017 ", afirma Bruno Gagliardi, CEO da marca.

Mercado de franquias no Brasil
Segundo dados da ABF, o franchising cresceu 8,3% em 2016, somando R$151,2 bilhões e mais de 1 milhão de empregos. A projeção de crescimento para 2017 é de 7 a 9%.

Sobre o Centro Britânico
Fundada em 1969, o Centro Britânico é uma escola especializada no ensino de idiomas de forma consistente, eficiente e diferenciada, através de constante reciclagem de métodos, treinamento de funcionários e adequação da infraestrutura às exigências do mercado. Com mais de 45 anos de atuação, o Centro Britânico vem realizando o sonho de seus alunos com a proficiência em idiomas. A metodologia segue o quadro comum Europeu, o que garante que o aluno avançado do Centro Britânico seja avançado no mundo todo, produzindo um reflexo diretamente no índice de aprovação nos exames internacionais: 92%. A instituição é homologada e chancelada por Cambridge English Language Assessment como centro preparatório e aplicador de exames internacionais no Brasil. Desde 2008 atua no sistema de franquias e, atualmente, conta com 30 unidades espalhadas por São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Amazonas oferecendo aulas de inglês internacional, espanhol, alemão, italiano, francês e português para estrangeiros.

Para mais informação entre no site www.centrobritanicoidiomas.com.br, vá até a escola localizada na avenida Tefé, 4048- na antiga escola Yazigi ou ligue para o telefone (92) 3237-7097.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário