Manaus, 16 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Iranduba terá shopping em 2018

Por: Tânair Maria tmaria@jcam.com.br
17 Mar 2017, 13h57

O Shopping Manaós chega ao Amazonas de forma pioneira e fortalecido pela nova Matriz Econômica Sustentável. Este é o primeiro empreendimento no estilo outlet da região Norte do Brasil. O projeto arrojado em forma de olho traduz o "olhar amazônico para o desenvolvimento sustentável". O futuro centro de compras que será construído no km 4 da rodovia AM-070, Manoel Urbano, que interliga Manaus aos municípios da Região Metropolitana, com a expectativa de geração de mil empregos diretos e inauguração em 2018. Foi nesse clima empreendedor que um grupo de empresários apresentou o Shopping Manaós Outlet ao governador do Estado, professor José Melo, na manhã de quinta-feira (16), na sede do governo, zona Oeste da cidade.

Os diretores executivos das empresas Ônix Incorporações SPE Ltda. e da Gold Sea Participações S.A. apresentaram um projeto de construção do futuro centro de compras "Shopping Manaós Outlet". O empreendimento traz o conceito de Outlet por oferecer produtos e serviços de marcas renomadas e com um preço acessível. Será construído próximo à Cidade Universitária da UEA (Universidade do Estado do Amazonas).

De acordo com o CEO da Gold Sea Participações S.A., Alexandre Caiado, a apresentação do projeto de construção do empreendimento faz parte da agenda de compromissos dos executivos da Ônix e da Gold Sea junto às autoridades governamentais e empresariais do Estado do Amazonas. "Estamos nessa fase de demonstrar os objetivos do nosso negócio para firmar parcerias com investidores dentro de um cronograma de obras, e ficamos satisfeitos pelo reconhecimento do governador José Melo que se mostrou bastante confiante no sucesso que essa obra vai trazer para a população do Amazonas", reconhece.

Para o governador José Melo, essa é mais uma prova de que o Amazonas retoma o ritmo do crescimento econômico em um momento que se discute o desenvolvimento da ZFM (Zona Franca de Manaus) até 2073 e da implantação da Nova Matriz Econômica Ambiental. "Eu fiquei impressionado com o projeto arquitetônico e feliz porque o Amazonas caminha para um horizonte de desenvolvimento. A Zona Franca vai sair fortalecida e a Nova Matriz está vindo como outra alternativa de crescimento da economia brasileira. Um empreendimento desse porte é um chamariz para outros investimentos que podem vir para nosso Estado", comemorou.

Conclusão da BR-319
Os executivos também tiveram a oportunidade de assistir a apresentação do projeto de Rodovia Sustentável para a BR-319, que promete tirar o Amazonas do isolamento por via terrestre. A proposta do governo do Estado é de transformar a rodovia em uma Estrada Parque, ou seja, uma espécie de "envelopamento" da via, com a construção de gradil nos 400 quilômetros do chamado "trecho do meio" da estrada que liga Manaus (AM) a Porto Velho (RO), abrindo caminho para o resto do país.

Segundo José Melo, o conceito de Estrada Parque garante a construção de passagens aéreas e subterrâneas para os animais da região, o monitoramento eletrônico e a criação de projetos socioeconômicos para as mais de 600 famílias que vivem ao longo da BR-319, tudo sob o comando e a expertise do Exército Brasileiro.

"Esse projeto do Shopping era algo que o Amazonas não tinha, e acredito que veio no bom momento para a região que vai se desenvolver nos próximos 20 anos. É hora de investir em nosso Estado, e o nosso governo tem trabalhado para atrair novos investidores. Até o final do próximo ano teremos 100% da AM-070 duplicada, e temos já atuado para garantir a melhoria da BR-319 em que fizemos um projeto construído com a participação de ambientalistas e de órgão federais para tirar os entraves do nosso Estado com o restante do país e, assim, possibilitar o desenvolvimento econômico do Amazonas", garante o governador.

Projeto Manaós Outlet
O shopping Manaós Outlet é o primeiro empreendimento do segmento do Norte do país. Com investimento de R$ 120 milhões, o Shopping terá 14 mil metros quadrados de área construída. O projeto contempla 70 lojas, sendo duas âncoras, duas semiâncoras, áreas de alimentação e entretenimento, estacionamento, entre outros espaços. A previsão de entrega da obra é até o final de 2018.

A Gold Sea, está à frente do Taboão Plaza Outlet, inaugurado em dezembro de 2016, no Estado de São Paulo. Atualmente, além do Manaós Outlet, outros dois empreendimentos encontram-se em execução. "O Campo Grande Outlet, com obra já concluída, deverá ser inaugurado em outubro de 2017, mês em que o Estado de Mato Grosso do Sul completa 40 anos. O Curitiba Outlet é um projeto retrofit, deve ser inaugurado em junho de 2018 e na sequência vem o Manaós Outlet, em Irandubra município da Região Metropolitana de Manaus, vetor de crescimento nos próximos 20 anos. Seu lançamento está previsto para o final de 2018", informou o CEO da empresa.

De acordo com Caiado, o modelo outlet ainda é incipiente no Brasil, por isso possui grande potencial de mercado. O formato, que ganhou mais atenção em função da crise, tem estrutura para dar um salto em número de unidades e receitas, apoiado nos custos inferiores de operação, quando comparado ao shopping tradicional e, ainda maior comodidade diante das lojas de rua. "Hoje temos poucos outlets no Brasil. Há um espaço muito grande para crescimento do setor. Aqui, no Amazonas, este modelo é o primeiro da região Norte. O seu projeto arquitetônico, em forma de olho, traduz o olhar amazônico para o desenvolvimento sustentável", destaca.

A About (Associação Brasileira de Outlets) espera que o setor dobre de tamanho até 2019.
Só para o ano que vem, a consultoria prevê a inauguração de mais quatro empreendimentos. A projeção é que essas aberturas ampliem o faturamento do setor em 40%, chegando ao montante de R$ 4,5 bilhões, em 2018. Já para o final de 2019, a expectativa é que o país tenha 22 outlets, 10 a mais do que a quantidade atual.

Comentários (16)

  • claudemir08/10/2017

    tava na hora do interior do amazonas ter um shoppings ate mesmo vai fazer parte do crescimento de iranduba e vai gerar emprego que estamos precisando bem vindo a cidade universitaria

  • claudemir08/10/2017

    tava na hora do interior do amazonas ter um shoppings ate mesmo vai fazer parte do crescimento de iranduba e vai gerar emprego que estamos precisando bem vindo a cidade universitaria

  • claudemir08/10/2017

    tava na hora do interior do amazonas ter um shoppings ate mesmo vai fazer parte do crescimento de iranduba e vai gerar emprego que estamos precisando bem vindo a cidade universitaria

  • claudemir08/10/2017

    tava na hora do interior do amazonas ter um shoppings ate mesmo vai fazer parte do crescimento de iranduba e vai gerar emprego que estamos precisando bem vindo a cidade universitaria

  • claudemir08/10/2017

    tava na hora do interior do amazonas ter um shoppings ate mesmo vai fazer parte do crescimento de iranduba e vai gerar emprego que estamos precisando bem vindo a cidade universitaria

  • claudemir08/10/2017

    tava na hora do interior do amazonas ter um shoppings ate mesmo vai fazer parte do crescimento de iranduba e vai gerar emprego que estamos precisando bem vindo a cidade universitaria

  • claudemir08/10/2017

    tava na hora do interior do amazonas ter um shoppings ate mesmo vai fazer parte do crescimento de iranduba e vai gerar emprego que estamos precisando bem vindo a cidade universitaria

  • claudemir08/10/2017

    tava na hora do interior do amazonas ter um shoppings ate mesmo vai fazer parte do crescimento de iranduba e vai gerar emprego que estamos precisando bem vindo a cidade universitaria

  • claudemir08/10/2017

    tava na hora do interior do amazonas ter um shoppings ate mesmo vai fazer parte do crescimento de iranduba e vai gerar emprego que estamos precisando bem vindo a cidade universitaria

  • val Vasconcelos26/03/2017

    Bando de covardes ,marfia de grileiros querem construir shopping na terra que não lhe pertence vão se mancar covardes

  • Bruno penha duarte24/03/2017

    Isso é uma falta de respeito com o povo irandubense, vcs Espusao o povo dos seus lares e vendem o mesmo terreno para os empresarios, e ainda tem corrage de falar q e uma obra gandiosa, pessoas ficando sem seus lares para q os ricos vendam seu terrenos e Espusao a mão armada !!agora sei q e os verdadeiros bandidos..

  • Bruno penha duarte24/03/2017

    Isso é uma falta de respeito com o povo irandubense, vcs Espusao o povo dos seus lares e vendem o mesmo terreno para os empresarios, e ainda tem corrage de falar q e uma obra gandiosa, pessoas ficando sem seus lares para q os ricos vendam seu terrenos e Espusao a mão armada !!agora sei q e os verdadeiros bandidos..

  • Bruno penha duarte24/03/2017

    Isso é uma falta de respeito com o povo irandubense, vcs Espusao o povo dos seus lares e vendem o mesmo terreno para os empresarios, e ainda tem corrage de falar q e uma obra gandiosa, pessoas ficando sem seus lares para q os ricos vendam seu terrenos e Espusao a mão armada !!agora sei q e os verdadeiros bandidos..

  • Bruno penha duarte24/03/2017

    Isso é uma falta de respeito com o povo irandubense, vcs Espusao o povo dos seus lares e vendem o mesmo terreno para os empresarios, e ainda tem corrage de falar q e uma obra gandiosa, pessoas ficando sem seus lares para q os ricos vendam seu terrenos e Espusao a mão armada !!agora sei q e os verdadeiros bandidos..

  • Bruno penha duarte24/03/2017

    Isso é uma falta de respeito com o povo irandubense, vcs Espusao o povo dos seus lares e vendem o mesmo terreno para os empresarios, e ainda tem corrage de falar q e uma obra gandiosa, pessoas ficando sem seus lares para q os ricos vendam seu terrenos e Espusao a mão armada !!agora sei q e os verdadeiros bandidos..

  • guilherme arruda24/03/2017

    Esse projeto do Shopping era algo que a comunidade do Iranduba esta pagando muito caro,pois vcs empresários estão nos expulsando da nossa casa passando o trator por cima e o governador e omisso a tudo isso e uma vergolha nacional

Deixe seu Comentário