Manaus, 19 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Conferência pretende inovar investimentos em empreendedorismo

Por: Jefter Guerra jguerra@jcam.com.br
22 Fev 2017, 19h47

Com objetivo de fomentar a criação de um ambiente de inspiração, networking, troca de experiências e promoção de investimentos na área do empreendedorismo e da inovação, será realizado, nos próximos dias 25 e 26 de abril, no Studio 5 Centro de Convenções, em Manaus, a 1ª CAEI (Conferência Amazônica de Empreendedorismo e Inovação).

Segundo a co-organizadora da Conferência, Mariza Mesquita, o evento acontecerá simultaneamente com a Semana de Empreendedorismo e Inovação da Cidade de Manaus. "Este evento tem como público-alvo micros e pequenos empresários, empreendedores, comerciantes, investidores, estudantes das áreas de tecnologia da informação, administração, economia, comunicação entre outras pessoas interessadas em conhecer ou fazer parte do ecossistema do empreendedorismo, além de startups".

Mesquita informa ainda que, nos dois dias de Conferência serão apresentadas 12 palestras e dois painéis com a participação de empreendedores que estarão contando suas experiências e apresentando produtos de sucesso. "Entre os temas abordados nas palestras estão: Intraempreendedorismo, Investimento, Inovação Aberta, Negócios, Iniciativa e Concorrência", explica a co-organizadora.

Entre os palestrantes confirmado estão: José Benchimol, da Fogás; Luiz Candreva da CEO e fundador da EzPark; Fernando Viera, do restaurante BoraLá; Luiz Gomes, da Lotebox; Ilko Minev, escritor; Guto Ferreira da ABDI; Rafael Ribeiro, diretor- executivo da ABS Startups; Mariana Vasconcelos, cofundadora da Agro Smart; Ricardo Politi, cofundador da Boota Brasil; Ricardo Moraes Co-Founder & Managing Partner Alfa Ledger; Ellen Lindoso, especialista em finanças; Rene Silva, fundador do jornal Voz da Comunidade; Thiago Melo, Community Manager ABStartups; e Rafael Ribeiro, diretor-executivo da ABStartups.

A iniciativa tem o apoio de instituições como a AJE-AM (Associação de Jovens Empreendedores do Amazonas), a Universidade do Estado do Amazonas e da Associação Brasileira de Startups.

Sobre o investimento para a realização da Conferência, Mesquita informa que é significativo. "Visto que contará com nomes nacionais e se propõe a provocar um impacto regional no segmento significativo", finalizou ela.

E no pavilhão de Feiras do Studio 5, haverá ainda mais de 50 stands de empresas de produtos e prestadores de serviço do mercado nacional e local. São esperadas cerca de 10 mil pessoas nos dois dias de evento e em todas as atividades. "Entre as empresas que estarão com seus stands montados durante o evento, podemos citar: Uol, AJE (Associação de Jovens Empresários do Amazonas), Sympla - plataforma de venda de cursos e eventos online, CDL Jovem, Voe Comilhas -vendas de passagens aéreas mais baratas, Redmaxx -empresa de TI, trabalha com inteligência de mercado, Movelaria Sustentável (negócios com paletes), Hardman Advogados -escritório especializado em direito digital".

A programação conta com um evento extra, a Rota da Inovação. No dia 28 de abril os participantes poderão embarcar em um ônibus que percorrerá a cidade fazendo paradas em ambientes de inovação. "Já neste outro evento 90 empreendedores conhecerão, em dois ônibus estilo FIFA -aqueles usados durante a copa do mundo para as seleções-, ambientes de inovação na cidade de Manaus. Serão ambientes como coworkings (Hub de Tecnologia e Inovação da UEA -Universidade do Estado do Amazonas ), Cardume Coworking, Impact Hub, Vila Hub), INDT e Prodam"

Todas essas informações sobre a CAEI (Conferência Amazônica de Empreendedorismo e Inovação) podem ser acompanhadas através da nossa página no Facebook: www.facebook.com/caei2017 ou através do site www.caei2017.com.br

O que é ecossistema do empreendedorismo?
É reconhecer as limitações de uma empresa e compreender quais são os atores que podem minimizar os riscos de um negócio nascente e dividir as incertezas do ambiente, é de suma importância para diminuir as chances de fracasso. Além disso, a abordagem ecossistêmica nos possibilita enxergar fora da caixa, e assim partir da colaboração para a construção de valor para os clientes e para o próprio empreendedor.

"Aqui na região, nós temos o Jaraqui Valley, ecossistema local que organiza mensalmente meetups (encontros) gratuitos cujos temas são voltados para o empreendedorismo. E a principal característica de um ecossistema é um ambiente colaborativo e é justamente isso que queremos transmitir durante o evento: um ambiente em que as pessoas terão acesso a temas de relevância para quem deseja ou quem tem interesse em se envolver nesse cenário de empreendedorismo, além, é claro, de gerar novos negócios para os participantes e muito networking", finaliza Mesquita.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário