Manaus, 19 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Lojistas ainda esperam aquecimento nas vendas de produtos de Carnaval

Por: Jefter Guerra jguerra@jcam.com.br
13 Fev 2017, 15h01

Enquanto lojistas estão esperando o aquecimento nas vendas de produtos de Carnaval para a segunda quinzena do mês de fevereiro, profissionais de customização de roupas e brincantes de bandas e blocos já estão se preparando para os dias de folia.

Entre os lojistas, Alan Costa, proprietário da Importadora Jéssica, disse que por conta da recessão no país, o nosso investimento em produtos de Carnaval este ano foi muito abaixo do que o ano passado. "Aproveitamos o estoque, e só investimos R$ 50.000 este ano. E em Manaus a situação também não está muito boa. Esperamos que após dia 15 deste mês as coisas mudem. E outro fator que dificulta um pouco as vendas é que há muitas lojas que também estão vendendo o mesmo produto, por isso, diminui muito o nosso lucro", salienta.

A Importadora Jéssica vende adereços, colar havaiano, confete, serpentinas, máscaras, fantasias, spray, chapéu, kit pirata, kit gatinho e espadas. "Também vendemos produtos para customizar roupas de blocos de carnaval. Mas o que mais sai das prateleiras são as máscaras do Pirata ou do Zorro, confetes, serpentinas e perucas. E nossos produtos variam de preço entre R$ 2 a R$ 8 a unidade no varejo e no atacado".

Ele ressalta ainda que assim que acaba o período do Carnaval, a venda aquece para a Páscoa, Dia das Mães e dos Pais.

Queda nas vendas
Já para o gerente da loja Bella Festa, Jeferson Rodrigues, houve uma queda nas vendas de 30% a 40%. "Mesmo as pessoas entrando para comprar, as nossas vendas oscilam muito, são instáveis. E nessa última quinzena de fevereiro, espero um aquecimento, porque como trabalho muito com fantasias e adereços de Carnaval, estamos com boa expectativa, temos um bom estoque".

Para este Carnaval, a loja Bela Festas fez um investimento para o seu estoque de R$ 80.000. "E no nosso estoque temos Colar Havaiano, Marabu (tecido sintético), Boá de penas, máscaras e fantasias em geral que chegam a ser vendidos a partir de R$1 indo até R$ 400, tanto para adultos como para o público infantil"

Rodrigues ressalta que a loja possui um ateliê para customizar peças de roupas prontas para Blocos, Banda do Galo, Manaus Fantasy e para Bailes particulares.

Customizar é Moda
E ao sair das lojas, as pedrarias e enfeites geralmente vão parar nas mãos de um estilista que faz peças e estilos inovadores para os brincantes de blocos e bandas de rua.

Há 16 anos customizando as peças, o estilista Nil Lima, disse que uma roupa modificada pode chegar no valor de R$ 50,00.

"Os valores vão aumentando conforme o material que o cliente me traz. E também da temática que ele deseja como Carnaval, Noivas, Festival de Parintins e Halloween.

E sobre o mercado de customização, o estilista revela que todos os anos ele tem trabalho. "Até porque, não só customizo roupas, também confecciono acessórios para festas. E minha clientela é variada, que me seguem no Instagram e Facebook".

Mas, mesmo no período de Carnaval, Lima afirma que seus clientes gastam mais em fantasias e customização no Festival de Parintins."Para confeccionar as minhas fantasias uso diversas pedrarias, sementes, couro e tecidos. E este ano não achei muita diferença nos valores dessas matérias-primas, a não ser em algumas plumas".

Como está há muito tempo no mercado, o estilista disse que mantém contato com seus clientes com horário marcado, por telefone e pelas redes sociais.

Foliões customizados ganham destaque
Um dos brincantes de baile de carnaval, o jornalista Luciano Lima, foi campeão do Manaus Fantasy com a fantasia Edward Mãos Tesoura. Filme de 1990 dos gêneros Romance, Comédia, Drama, Suspense e Fantasia, baseado e dirigido pelo diretor Tim Burton.

De acordo com o jornalista a fantasia foi reaproveitada de outro concurso do qual ganhou em outro ano. "Na época precisei fazer alguns ajustes com a ajuda da minha mãe. Basicamente a fantasia é maquiagem e peruca, no mais, apenas retalhos de tecido em vinil customizada e um pouco de cênica pra dar mais vida ao personagem", lembra ele com muito carinho.

Já a estudante Carol Cavalcante, que foi ao centro de Manaus pesquisar uma fantasia de carnaval disse que este ano vai para as bandas do Galo, Gargalo e Bar do Armando. 'Todos os anos gosto de participar dos blocos e bandas de rua. Neste, escolhi uma fantasia de policial e encontrei muitos acessórios para brincar. Mas pesquisando nas lojas, percebi que os preços estão um pouco alto. Acho que esta tudo um pouco mais caro. Mesmo assim, consigo improvisar com as minha peça de roupa customizadas que variam muito de festa para festa", disse a estudante.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário