Manaus, 22 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Portas abertas para o mundo

Por: Hellen Miranda hmiranda@jcam.com.br
26 Jan 2017, 15h39

Mais um navio da Temporada de Cruzeiros 2016/2017 chega a Manaus com mais de 2,5 mil pessoas a bordo, entre turistas e tripulantes estrangeiros. Considerado o maior navio transatlântico de todos os tempos, o M/S Queen Victoria é o primeiro desse porte ancorar na capital amazonense e deve injetar mais de 2 milhões de reais nos diversos setores econômicos. Segundo representantes de turismo do Estado e município, o retorno é positivo para a cidade por gerar renda para o comércio local com a compra de artesanatos e gastronomias regionais, além de pacotes turísticos para conhecer os principais atrativos em terras manauaras. O navio fica na capital até hoje e depois segue para Santarém (PA) e Rio de Janeiro.

De acordo com o diretor de Turismo da Manauscult (da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas e da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos), João Araújo, a embarcação trouxe a bordo 1.997 turistas e 981 tripulantes, representando um ganho importante na renda local. "São pessoas em um cruzeiro de grande porte que vão gerar riqueza para a cidade, comprando artesanato, indo aos restaurantes, conhecendo os passeios e pontos turísticos, entre outros serviços, como, transportes movimentando toda a cadeia econômica da região", enfatizou.

De acordo com a Diretora Presidente da AmazonasTur, (Empresa Estadual de Turismo do Amazonas), Oreni Braga, a projeção é que deve movimentar aproximadamente R$ 2 milhões e 400 mil em diversos setores da economia local apenas com a chegada do navio. "O gasto diário médio deles fica em 292 dólares por turista", disse. O M/S Queen Victoria é a oitava embarcação a chegar na Temporada de Cruzeiros 2016/2017.

Segundo informações da Manauscult, mais de 24 mil turistas devem desembarcar na capital amazonense durante a temporada que vai até junho deste ano. Nesta, ainda faltam 12 navios, dos 20 cruzeiros aguardados representando um crescimento no fluxo de turistas de 40,23%, em relação à última temporada que recebeu 18 navios com 17.588 turistas. "A projeção para o final da temporada é que sejam injetados R$45 milhões de reais na economia local", destacou Oreni.


Recepção
A embarcação com mais de 294 metros de comprimento ancorou no Porto de Manaus nesta quarta-feira (25), trazendo a bordo 1.997 turistas e 981 tripulantes, que foram recepcionados pelas equipes do Manauscult e Amazonastur. Na ocasião foram distribuídos brindes como colares do artesanato indígena e informativos turísticos. "A programação inclui o receptivo, e ao longo do dia eles farão passeios nos principais pontos turísticos de Manaus, como o Mercado Municipal, Teatro Amazonas, zoológico, focagem de jacaré, entre outros", pontou o diretor de Turismo da Manauscult, João Araújo.

Ainda no receptivo, o cantor de toadas Prince do Boi fez um show especial aos turistas que desembarcaram no Porto. Além disso, uma placa de boas-vindas foi entregue ao navio. Outros órgãos e instituições também estiveram presentes, como a Polícia Militar, Polícia Turística, empresas locais de turismo e o Instituto Amazônia, que possui um espaço dedicado no Porto para garantir o conforto dos recém-chegados. Para os representantes o sucesso do receptivo se dá por conta da integração entre diversos órgãos, tanto em nível municipal quanto estadual.

A presidente da Amazonastur, Oreni Braga, afirmou que o receptivo dos órgãos parceiros realizados na temporada será intensificado, uma vez que o navio traz um número expressivo de turistas e a responsabilidade dobra. "Nunca recebemos um navio desta magnitude. Todos os órgãos estão focados para fazer o melhor, pois receber bem e garantir a segurança deles significa retorno certo".

Mais sobre o navio
O Queen Victoria é o primeiro navio da Classe Vista de Cruzeiros da Companhia Cunard Line e seu nome é em homenagem a Rainha Victoria. A Classe Vista da companhia também inclui outros dois cruzeiros: o "Queen Mary II" e o "Queen Elizabeth II".

Comentários (0)

Deixe seu Comentário