Manaus, 22 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Ensino focado em comércio e serviços

Por: Hellen Miranda hmiranda@jcam.com.br
19 Jan 2017, 15h13

Para atender as novas dinâmicas do setor produtivo e do mercado de trabalho do Amazonas, a Faculdade de Tecnologia Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) traz na sua grade de estreia na Região Norte, os cursos de Design Gráfico, Logística, Processos Gerenciais e Gastronomia. Com uma estrutura moderna, a instituição inicia suas atividades em Manaus no mês de fevereiro. Os cursos contam com um plano curricular direcionado para a prática do conhecimento visando o aperfeiçoamento profissional em ambiente acadêmico.


Incentivando a prática
De acordo com a diretora acadêmica da Faculdade Senac, Karla Bessa, o grande diferencial da instituição é o foco na prática, independente da área. "Dessa forma pensamos em fazer com que o aluno vivencie os conceitos que precisa para o seu desenvolvimento profissional dentro do mercado, mas ainda como discente. Para isso temos parcerias com empresas, que dentro do planejamento pedagógico, receberão alunos para visitas técnicas e outras atividades de vivência em suas áreas. Em contrapartida receberemos depoimentos de gestores e empresário das necessidades e demandas da região", explicou.


Pesquisa de mercado norteou escolhas
A escolha pelos cursos no Amazonas teve como base uma pesquisa de mercado, realizada pelo Senac em 2012. Nela, foram sinalizados os dez cursos mais procurados, onde os quatro primeiros já são oferecidos pela instituição e a partir do segundo semestre deste ano, novas turmas de cursos superiores nas áreas de estética e moda também devem entrar na grade.

Para Karla, a implantação da faculdade vem preencher uma lacuna importante no Senac. "Antes ficava esse vácuo após o aluno finalizar o técnico, porque só tínhamos a pós-graduação. Então agora com os tecnólogos, poderemos fazer todo o itinerário informativo do aluno", afirmou a diretora.

Uma das grandes estratégias da instituição é colocar dentro da grade curricular dos cursos oferecidos, pelo menos uma disciplina de empreendedorismo e de gestão. "Quando se fala em empreendedor se pensa logo na área de comercio e serviços, mas percebermos que muitas vezes falta tal disciplina em algumas áreas específicas. Atualmente está acontecendo muito de a pessoa querer gerenciar seu próprio negócio ou empreender", ressaltou Karla.


Realidade regional
Um dos mais procurados, segundo a diretora, o curso de gastronomia mostra que a expertise do Senac na área o torna uma referência no país. De acordo com ela, o segmento é o mais forte da instituição e muitos alunos já são formados por outras faculdades procuram o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial. "O Senac tem tradição, credibilidade e reconhecimento, além de oferecer vivências similares ao mercado de trabalho. O curso vai dar base para entender melhor como gerenciar um negócio, não só da cozinha em si", comenta Karla.

Outro curso com demanda é o de Design Gráfico. Na faculdade ele conta com um laboratório moderno com plataforma MAC para todos os alunos e mesas digitalizadoras. Segundo o Senac, a meta é formar profissionais capazes de atuar em diversos departamentos de comunicação, publicidade, propaganda e marketing de empresas industriais e de serviços, setor público, organizações não-governamentais e empresas especializadas.

Para a diretora, o curso de logística representa um novo foco do Senac. "Mais que atender ao PIM (Polo Industrial de Manaus), o curso também enxerga o comércio que tem seus centros de distribuição e que passa por dificuldades semelhantes à indústria. E o diferencial é a adequação do curso à realidade regional", destacou. Já o curso de Processos Gerenciais tem no comércio, turismo e serviços seus grandes focos, comentou Karla.

"Nossa meta é atender a uma fatia da população que está ávida para abrir um negócio e não tem conhecimento de como manter o gerenciamento. Assim visamos evitar a mortandade de negócios já em seus inícios. A pessoa sai do curso capacitada para gerir o seu e outro negócio", explicou.

Todos os professores da instituição passaram por um processo seletivo criterioso através de edital e pré-requisitos indispensáveis que incluíam avaliação curricular, psicológica e aula prática. "O quadro é formado por talentos locais e outros que conhecem muito bem a região onde estão inseridos. Entender essas particularidades do Estado será o diferencial do curso", finalizou a diretora.

A Faculdade de Tecnologia Senac Amazonas tem a capacidade de atender 140 alunos por turno, sendo que inicialmente receberá turmas apenas em horário noturno e vespertino. Quem perdeu o vestibular em novembro de 2016, pode aproveitar a nota do Enem entre 2012 e 2016, com pontuação total mínima de 350 pontos, alunos para a segunda graduação e prova agendada ainda podem se matricular diretamente na instituição.

Por se voltada para o comércio de bens, serviços e turismo, a Faculdade Senac possui uma política de desconto de 10% exclusiva para comerciários.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário