Manaus, 20 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Pauta de R$ 1,2 bilhão em análise no Codam

Por: Divulgação
14 Dez 2016, 19h25

A sexta e última reunião do Codam (Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas) em 2016, marcada para esta quinta-feira (15) submeterá aos conselheiros uma pauta que relaciona 28 projetos industriais estimados em R$ 1.207 bilhão e 822 postos de trabalho ao longo do período de até três anos. A reunião está prevista para as 10h, no auditório da Seplan-CTI (Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação). A pauta da reunião do conselho está disponível na página www.seplancti.am.gov.br item Destaques.

Projetos para a produção de resíduo de papel reciclável, madeira beneficiada, terminais portuários e biodiesel são os destaques da 165ª reunião do Codam. Mesmo com a crise econômica que vem tolhendo a atividade industrial no país, o Amazonas continua sendo um bom destino para novos investimentos. Em dezembro do ano passado, as empresas aprovaram 49 projetos com recursos de R$ 1.142 bilhão. Em 2014, em 34 projetos aprovados os investimentos foram restritos a R$ 429 milhões.

Segundo o secretário de estado de Planejamento Thomaz Nogueira, a manutenção do calendário bimensal de reuniões do Codam indica que, apesar do cenário desfavorável da economia, os investidores estão apostando na recuperação do mercado a médio e longo prazo. "Nenhuma crise dura para sempre. As empresas sabem que esse momento difícil será superado e estão planejando suas atividades para os próximos anos, é aí que o polo industrial do Estado se mostra como uma boa opção", avaliou. Segundo Nogueira, além da segurança jurídica, o Polo Industrial de Manaus tem tecnologia e mão de obra capacitada.


Balanço

A reunião anterior do Codam, realizada no dia 27 de outubro deste ano, aprovou a implantação de 34 projetos estimados em R$ 1.411 bilhão e cerca de 1.046 empregos ao longo do período de três anos. As empresas obtiveram permissão para produzirem de motonetas, um nicho ainda não explorado no Polo de Duas Rodas a ser produzidas pela Masa com recursos de R$ 53 milhões a suplementos alimentares e eletroeletrônico.

O Codam é a instância do governo responsável pela aplicação da política de incentivos fiscais do Amazonas. O Conselho é formado por 18 representantes de órgãos e instituições como Suframa, Sefaz,Prefeitura de Manaus, sindicatos de trabalhadores e de empresários.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário