Manaus, 17 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Dia Mundial da Filosofia discutirá a Convivência

Por: Divulgação
16 Nov 2016, 14h59

No dia 19, a Organização Internacional Nova Acrópole celebra o Dia Mundial da Filosofia, com atividades nos mais de 50 países em que está presente e em suas 80 sedes no Brasil. Em Manaus, as atividades comemorativas acontecem na sede de Nova Acrópole, em Adrianópolis, a partir das 17h. O evento é gratuito e aberto ao público.
A programação será aberta com o Café Filosófico que traz o tema: "Convivência: a arte de viver em conjunto", com a participação dos professores da organização que farão uma introdução ao assunto, abrindo-se para perguntas dos participantes.
A palestra magna acontecerá às 19h. "Convivência: Como Somar num Mundo em Conflito?" será ministrada pela professora Carina Maia, diretora voluntária da Nova Acrópole em Manaus. O evento contará ainda com apresentações artísticas realizadas por voluntários da Nova Acrópole e com a abertura da Exposição de Fotografia "O Olhar do Pensador", com imagens selecionadas no 1° Concurso Nacional "O Olhar do Pensador: Fotografando ideias". O concurso contou com a participação de fotógrafos amadores e profissionais que procuraram buscar no cotidiano um olhar sobre a Convivência. A divulgação dos trabalhos ganhadores se faz por meio de exposições em todo o Brasil.
O Dia Mundial da Filosofia foi Instituído pela UNESCO desde 2005, como forma de valorizar o papel da filosofia para o desenvolvimento do pensamento humano em cada cultura e cada indivíduo, sustentando que o pensamento crítico ajuda a dar sentido à vida e às ações realizadas no contexto internacional.
Este ano, o tema "Convivência: Como somar num mundo em conflito?" tem como o objetivo mostrar como as relações humanas e o respeito entre diferentes culturas, povos e crenças pode apoiar o desenvolvimento social, político e econômico. "Essencialmente, o desenvolvimento se baseia na promoção da pessoa humana e do seu conjunto de relações consigo mesma e a sociedade onde vive. São laços de confiança e respeito, empatia e ajuda mútua que permitem que as pessoas se unam em torno de projetos comuns que gerem civilidade e desenvolvimento em todos os campos", afirma o diretor da Nova Acrópole no Brasil, Luís Carlos Marques.
Para ele, um dos grandes problemas do mundo atual é a contradição entre o avanço nas comunicações e os crescentes problemas de depressão e violência. "Infelizmente, as relações são superficiais. Quando as pessoas sabem se relacionar, geram mais vida e criatividade e conseguem crescer e promover o desenvolvimento comum em todos os níveis", explica.
A Nova Acrópole é uma organização internacional de caráter filosófico, cultural e voluntário que atua há 59 anos na promoção do estudo da filosofia de maneira prática, buscando fazer com que os ensinamentos das obras clássicas sejam debatidos no mundo contemporâneo, por tratarem das grandes questões humanas, como convivência, civilidade, desenvolvimento das potencialidades individuais e a construção de uma sociedade melhor. Informações: (92) 98197-7835 e 99132-8268.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário