Manaus, 19 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Amazonas recebe R$ 81,6 mil do Ministério da Saúde para UBS

Por: Divulgação
27 Set 2016, 15h06

Moradores do município de Iranduba (AM) são beneficiados com a liberação de R$ 81,6 mil para construção de uma UBS (Unidade Básica de Saúde), pelo Ministério da Saúde. O novo recurso faz
parte do Programa de Requalificação de Unidades Básicas de Saúde (Requalifica UBS), que tem por objetivo melhorar as unidades de saúde já existentes e possibilitar a construção de novas unidades para ampliar o atendimento gratuito à população por meio do SUS (Sistema Único de Saúde). Os recursos, previstos no âmbito do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento 2), são repassados aos Fundos
Municipais de Saúde por meio do Bloco de Investimentos na Rede de Serviços de Saúde da região contemplada. O Requalifica UBS é uma das estratégias adotadas pelo governo federal para a struturação
e o fortalecimento da atenção básica em todo o Brasil. Por meio do programa, a pasta propõe uma estrutura física acolhedora e dentro dos melhores padrões de qualidade para as unidades. O Ministério
da Saúde destina R$ 5,8 bilhões para construção e ampliação de cerca de 27 mil UBSs (Unidades Básicas de Saúde) em mais de 5 mil municípios brasileiros. O programa foi criado em 2011 e permite que sejam firmadas parcerias com os municípios para que os gestores locais possam estruturar seus postos de saúde e oferecer melhor atendimento à população. Atenção Básica O Ministério da Saúde tem como prioridade o fortalecimento da Atenção Básica, com capacidade para solucionar até 80% dos problemas de saúde da população, o que ajuda a desafogar os atendimentos em hospitais gerais e instituições
habilitadas para serviços de média e alta complexidade. Em 2002, o governo federal destinava R$ 3,2 bilhões à Atenção Básica. Em 2015, o investimento alcançou R$ 18,7 bilhões. O número de Unidades
Básicas de Saúde no Brasil também cresce a cada ano. Em 2010, havia cerca de 32,8 mil unidades em funcionamento. Até o início de julho, são mais de 40,6 mil em funcionamento.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário