Manaus, 22 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Afeam completa 17 anos com mais de 1 bilhão aplicados

Por: Jornal do Commercio e Assessoria
01 Set 2016, 16h43

A Afeam (Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A.) completa 17 anos de atividade com uma trajetória voltada ao desenvolvimento da economia, e o compromisso de gerar trabalho e renda no Estado, dando suporte aos empreendedores que desejem crescer. Desde sua fundação, em 2 de setembro de 1999, a Afeam aplicou R$ 1,3 bilhão, por meio de 145 mil operações, indicadores esses que fortalecem sua missão dia a dia, representando a geração de 420 mil ocupações econômicas com o foco no microcrédito orientado direcionado aos trabalhadores autônomos, micro e pequenas empresas e produtores rurais.
Para o presidente da Afeam, Evandor Geber Filho, os números expressivos no crescimento da agência espelham a diretriz do governo para o desenvolvimento do Estado e norteiam os caminhos a serem percorridos, levando a instituição a se tornar cada vez mais ágil e com ampla atuação em todo Amazonas. "A Afeam, na sua atuação social como instituição de fomento, reafirma o compromisso de melhorar a qualidade de vida do amazonense", avalia Evandor.


Programas

Nestes 17 anos, a agência desenvolveu vários programas de fortalecimento a economia amazonense, dentre os quais se destacam o apoio às cadeias produtivas, voltadas à interiorização do desenvolvimento sustentável, financiamento às micro, pequenas e médias empresas. A instituição também estende os programas de fortalecimento a economia do Estado aos empreendimentos do setor rural, com destaque ao Programa de Microcrédito Banco do Povo, iniciativa estruturada para alcançar uma parcela da população economicamente ativa que tem poucas chances de obter financiamento na rede bancária convencional.
Em prosseguimento à trajetória de sucesso, a diretoria da Afeam busca alternativas de capitalização da agência, prospectando parcerias junto às instituições financeiras de desenvolvimento nacionais e internacionais, com o propósito de ampliar o alcance da política de fomento do governo do Amazonas.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário