Manaus, 16 de Novembro de 2018
Siga o JCAM:

Produtos amazônicos para o mundo

Por: Jornal do Commercio
05 Ago 2015, 17h53

Associações e cooperativas de artesanato ganham espaço nobre e visibilidade em feira

Artur Mamede
amamede@jcam.com.br

Em mais uma edição da Mundial Art: Feira Internacional do Artesanato, Moda e Decoração, o Amazonas, representado por empreendedores e artesãos, dividirá a atenção do público com mais 10 Estados (e Distrito Federal) e 20 países. No evento artesãos selecionados pelo governo do Estado, mostrarão a produção dos municípios de Atalaia do Norte, Barcelos, Iranduba, Manacapuru, Manaus, Maraã (Reserva Mamirauá), Maués, Novo Airão, Parintins, Santa Izabel do Rio Negro e São Gabriel da Cachoeira. Entre os participantes estão 12 artesãos individuais, 22 cooperativas e associações, três indígenas das etnias Ticuna, Waimiri-atroari e Saterê, e os empreendedores do Programa de Economia Solidária, que serão distribuídos em 44 estandes regionais.
A Copamart (Cooperativa Amazonense de Artesanato), entidade criada em 2011, tem sua importância reconhecida pela inserção de muitas pessoas no mercado de trabalho, na capital e no interior, é uma das participantes da Mundial Art. Presente na feira desde sua primeira edição, em 2015 a cooperativa será representada por sete artesãos, conta a presidente da entidade, Terezinha Ribeiro. “Eventos assim nos dão oportunidade de expandir nossos horizontes, temos contatos com muito mais pessoas que nosso público habitual, pessoas de outros países e Estados principalmente. Nossa produção teve um salto qualitativo que acompanhou o crescimento da feira em Manaus. Nossos artesãos irão se revezar nesses 10 dias de feira dando oportunidade para quem quer conhecer outros mercados e fazer contatos de negócios”, disse a presidente.

Rodadas de negócios
Para facilitar a comercialização, o fechamento de negócios e networking com interessados de vários países e Estados, os artesãos poderão participar de rodadas de negócios elaboradas pela Setrab (Secretaria de Estado do Trabalho), conta o titular da secretaria, Breno Ortiz. “Neste momento, o principal objetivo do governo do Estado ao realizar parcerias com grandes eventos culturais, é estimular a profissionalização do mercado artesanal regional como fonte geradora de emprego e renda, bem como divulgar as diversas formas de expressão da cultura popular amazonense, mostrando sua arte e criatividade, valorizando as raízes e potencializando o artesão como produtor e exportador”, disse Ortiz.
A presidente da Copamart vê nas rodadas de negócios a chance de negócios com empresas e distribuidores. “É a primeira vez que a feira promove essa iniciativa em Manaus e estamos nos preparando para isso. Com nossos cooperados capacitados para fechar negócios, esperamos boas vendas. É hora de estender o alcance do artesanato amazonense e de nossa cooperativa”, afirma Terezinha Ribeiro. No estande da cooperativa serão expostas peças decorativas, biojóias e outros produtos.

Vencendo com artesanato
Há alguns anos a Copamart recebe homenagens na Aleam (Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas) e outras entidades que reconhecem o valor da entidade. “Muitas vitórias se deram por nosso interesse em capacitar o artesão e até mesmo o fornecedor de sementes no interior do Estado. Parcerias como a do Sebrae-Am (Serviço Brasileiro de Apoio as Micros e Pequenas Empresas do Amazonas), por exemplo, nos ensinaram a beneficiar e comercializar de forma mais eficiente nossa produção”, comemora Terezinha Ribeiro.

Espaço Gastronômico
O evento também oferecerá aos visitantes um espaço com comidas típicas da região, em um ambiente climatizado e aconchegante. Além de comidas típicas do Norte, no ambiente será oferecida para venda a grande novidade do mercado de frutas consideradas super alimentos: a Goji Berry, importada do Tibet, será vendida desidratada. A fruta, originária do sul da Ásia, tem propriedades benéficas para a saúde comprovada em pesquisas. Possui alta concentração de vitamina C, antioxidantes, aminoácidos, é rica em ferro e outros minerais.

Sobre a Mundial Art
Com mais de 30 anos de existência, a Mundial Art – Feira Internacional de Artesanato, Moda e Decoração é uma realização da Associação do Bem-Estar dos Artesãos Cearenses e já percorreu todo o território nacional com a diversidade da cultura mundial em seu artesanato exposto para comercialização. “A feira é uma grande vitrine para o artesanato nacional e mundial que oferece oportunidades para o profissional revelar e escoar sua produção artística, além de ser uma expressão do comportamento das diferentes sociedades do mundo e o compartilhamento de sua cultura”, diz o material de divulgação do evento.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário