Manaus, 19 de Setembro de 2018
Siga o JCAM:

Netflix teria 2,17 milhões de assinantes no Brasil

Por: Jornal do Commercio
09 Dez 2014, 15h39

Consultoria inglesa aponta mais de 2 milhões de usuários Netflix no Brasil

A Netflix já conta com uma base que a colocaria em quarto lugar na operação de TV por assinatura no Brasil, com 2,17 milhões de assinantes, incluindo aqueles em período de degustação de um mês, no final do mês de setembro. O número faz parte de um estudo divulgado nesta terça (2), pela empresa britânica de análise e consultoria Digital TV Research.

A Netflix não divulga os números de assinantes em sua base internacional dividindo por país ou região, tratando-se, portanto, de uma estimativa. O estudo é uma revisão de estudo anterior da empresa, que apontava para uma base muito menor para o serviço em junho deste ano no Brasil, de apenas 560 mil assinantes. Um dos pontos que levaram à revisão foi a divulgação recente, por parte do Netflix, de que a sua base na América Latina havia passado de 5 milhões de assinantes.

Em nota, o principal analista da Digital TV Research, Simon Murray, diz que a empresa revisou os números para refletir um crescimento muito maior que o esperado na América Latina e mais fraco que o previsto no Reino Unido."Nós subestimamos a América Latina no último estudo por conta de problemas históricos que o Netflix encontrou –baixa penetração do cartão de crédito e dos serviços bancários eletrônicos, bem como baixa penetração da banda larga", diz o analista. Segundo o estudo, sempre se referindo à base total (o que inclui degustações) no final de setembro, o Netflix contava com 36,26 milhões de assinantes nos Estados Unidos e 14,38 milhões nas operações internacionais, sendo a América Latina responsável por 4,85 milhões.

O total de assinantes no Brasil faze deste mercado o quarto mais importante para a Netflix, atrás apenas dos EUA, do Canadá e do Reino Unido. A previsão é de que aproximadamente 10% da base internacional esteja em período de degustação. O estudo prevê que o serviço OTT deve fechar o ano com 17 milhões de assinantes fora dos EUA.

Comentários (0)

Deixe seu Comentário